Fora do Mundial, Dani Hypolito não se abala e leva ouro em Varna imprimir publicado em: 03 / 09 / 2017

Hypolito

Daniele Hypolito em ação na Copa do Mundo de Varna (Foto: Divulgação)

Fora da convocação da seleção brasileira para o Mundial de ginástica artística de Montreal, em outubro, Daniele Hypolito não se deixou ablar e fez bonito neste domingo na etapa de Varna da Copa do Mundo, na Bulgária. A veterana de 32 anos conquistou o ouro da trave e garantiu mais uma medalha para o Brasil no torneio. Dani volta a competir ainda neste domingo, na final do solo.

Com uma boa apresentação na trave, Daniele sobrou na disputa. Somou 13.750 e venceu com sobras, deixando a prata para a britânica Georgia Fenton (12.500) e o bronze para a búlgara Pamela Georgieva (11.800). Na mesma prova, a também brasileira Thais Fidelis – convocada para o Mundial – ficou com a sexta colocação.

Caio Souza é bronze nas paralelas

Garantido na seleção que vai a Montreal, Caio Souza também subiu ao pódio em Varna. Na final das barras paralelas, o brasileiro cravou 14.450 e ficou com o bronze. Ouro e prata ficaram com os ucranianos Petro Pakhniuk (15.050) e Oleg Verniaiev (14.700).

Em outra final deste domingo, Arthur Nory passou muito perto de mais um pódio. O medalhista de bronze na Rio 2016 terminou na quarta colocação da disputa do salto, com 14.225, apenas 75 centésimos atrás do terceiro colocado, Ylya Yakauleu, de Belarus (14.300). O ouro foi para o ucraniano Igor Radivilov (15.000) e a prata para Pavel Bulauski, de Belarus (14.625).


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas