Frota de ônibus é reduzida em 30% devido à falta de combustível em Teresina imprimir publicado em: 25 / 05 / 2018

paradasA frota de ônibus que compõe o transporte público de Teresina será reduzida em cerca de 30%, nesta sexta-feira (25). De acordo com o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (Setut), a contenção é devido à falta de combustível causada pela greve dos caminhoneiros, que está em seu 4º dia no Piauí. No estado, as manifestações tiveram início na terça-feira (22) quando manifestantes bloquearam a rodovia PI-247.

Segundo o Setut, a redução será das 9h às 11h como uma medida emergencial de contingenciamento para diminuir o consumo de combustível. Em Teresina, a frota de ônibus é composta por mais de 440 veículos, que fazem em média 4.400 viagens por dia.

No Piauí, a greve está em seu 4º dia e em alguns municípios os estoques de gás de cozinha estão zerados e postos de combustível trabalham com restrição de abastecimento.

Na tarde dessa quinta-feira (24), motoristas da Uber aderiram ao movimento e interditaram o acesso ao terminal de petróleo da Petrobras em Teresina, localizado na Zona Sudeste de Teresina.

De acordo com os manifestantes, a entrada de caminhões-tanques será impedida até que haja redução nos valores dos combustíveis.

Foram registradas manifestações em cinco cidades do estado: Marcolândia, Picos, Uruçuí, Bom Jesus e Teresina. As consequências dos protestos já são sentidas na Ceasa e no aeroporto Senador Petrônio Portella.

Portaldaclube

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas