Gangue causa pânico em velório e PM é acionada em Teresina imprimir publicado em: 12 / 07 / 2016

velorioO corpo do jovem Synayl Fernandes está sendo escoltado por policiais militares até o cemitério do bairro Renascença, na Zona Sudeste de Teresina. A vítima é suspeita de integrar a gangue conhecida como R2, morreu após ser alvejado na noite do último domingo (10), em uma pizzaria na região do Grande Dirceu. De acordo com o comandante do 8º BPM, major Gilson Leite, durante o velório foram efetuados vários disparos de arma de fogo, provavelmente, pelo mesmo grupo rival que matou o jovem, a gangue do bairro Firmino Filho.

Cerca de 13 PMs em quatro viaturas escoltam o corpo. Synayl Fernandes seria suspeito de cometer vários crimes na região e tinha como parceiros acusados de homicídio e assalto.

abordagem“Ontem à noite houve alguns disparos nas proximidades da residência onde o corpo estava sendo velado no Parque Itararé. Os moradores ficaram assustados e acionaram a PM. Esse cara que morreu já era do mundo do crime. Ele tinha uma rivalidade com o pessoal da Firmino Filho. Há duas semanas, um parceiro do Synayl efetuou dois disparos na região da Firmino Filho e atingiu algumas pessoas. Acreditamos que a morte dele seja revide”, disse o major Gilson Leite.

O suspeito de atirar contra Synayl Fernandes já foi identificado e seria da gangue do Firmino Filho. O corpo do jovem chegou ao cemitério por volta de 10h20. Um pequeno tumulto se formou durante a chegada do cortejo ao cemitério e algumas pessoas foram abordadas pelos policiais.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Vale

últimas