Gás de cozinha volta a subir e deve ficar 10% mais caro no Piauí imprimir publicado em: 01 / 09 / 2016

GasA exemplo do que aconteceu em 2015, este ano o gás de cozinha deve continuar subindo. O produto deve ficar entre 7% e 10% mais caro no Piauí, saltando de R$ 60 para R$ 65. De acordo com um levantamento da Fundação Centro de Pesquisas Econômicas e Sociais do Piauí (Cepro), o gás de cozinha é um dos principais vilões da inflação, com um aumento de mais de 800% em duas décadas.

Segundo Leandro César de Sousa, vice-presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás, todos os anos as distribuidoras de gás fazem uma revisão dos valores em cima da inflação, do preço da logística, da folha de pessoal e os repasses feitos para os revendedores. A mudança no valor começa nesta quinta-feira (1º), mas o aumento deve começar a valer para os consumidores na próxima semana.

“Vai valer a partir da segunda-feira (5), pois quem tem estoque antigo ainda vai continuar com o preço atual. Mas depois disso o consumidor final já vai começar a receber o gás mais caro em suas casas”, falou.

O último reajuste do gás de cozinha em Teresina havia sido em junho, quando o produto aumentou 8,95%.

Portaldaclube


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas