Gasolina sobe em Teresina, após Petrobras prever queda de R$ 0,05 imprimir publicado em: 12 / 11 / 2016

gasolina no piauíO preço da gasolina voltou a subir – mesmo após a Petrobras reduzir por duas vezes o valor do combustível nas refinarias. Em Teresina, a média de preços entre os dias 6 e 12 de novembro saiu de R$ 3,49 para R$ 3,53 – um aumento de R$ 0,04, enquanto a estatal calculava uma tendência contrária, de redução de até R$ 0,05 por litro vendido ao consumidor.

Os dados são da Agência Nacional de Petróleo (ANP), que fez a pesquisa em 29 postos da capital. O preço mínimo encontrado nessa semana foi de R$ 3,43; o máximo foi R$ 3,69. A média de novembro – até agora – é de R$ 3,52. Apesar da baixa dos preços nas refinarias, as distribuidoras mantiveram a venda para os postos entre R$ 3,21 e R$ 3,22.

tabela

Nacionalmente, os preços também sofreram alta. Na semana, o preço médio da gasolina no país foi de R$ 3,681 por litro ante o valor médio de R$ 3,676 registrado na semana anterior. Trata-se da segunda semana consecutiva de alta. O preço desta semana ficou também acima das médias anteriores ao primeiro anúncio de redução de preços nas refinarias, no dia 14 de outubro.

Os donos dos postos de combustível têm justificado o resultado pela alta do preço do álcool, que entra na composição da gasolina com o percentual de 27%. “A gasolina caiu, mas o preço do etanol subiu, e isso suprimiu a baixa. As distribuidoras não baixaram os preços para os postos”, informou o representante do sindicatos dos empresários do setor, José Couto (veja aqui).

Era esperada a queda nos preços

Segundo a Petrobras, se a nova redução anunciada na terça-feira for integralmente repassada nas bombas ao consumidor final, o preço do diesel pode cair 6,6%, ou cerca de R$ 0,20 por litro. Já o efeito sobre os preços da gasolina seria de queda de 1,3% ou R$ 0,05 por litro.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

0 comentário Comente agora!

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas