Geddel Vieira Lima é preso após apreensão de R$ 51 milhões imprimir publicado em: 08 / 09 / 2017

Gedel Vieira LimaO ex-ministro Geddel Vieira Lima foi detido nesta sexta-feira (08/09) por equipes da Polícia Federal em sua casa, no bairro Chame-Chame, em Salvador (BA). As informações são do Correio24horas.

Os policiais chegaram ao imóvel por volta de 5h30 e saíram de lá as 7h. Geddel foi levado no banco de trás do carro e, mesmo com os vidros fechados, tentou cobrir o rosto. Foi o Ministério Público Federal pediu prisão preventiva de Geddel, que já cumpria prisão domiciliar.

A prisão de Geddel de hoje  faz parte da quarta fase da operação Operação Cui Bono. Além do ex-ministro, há um mandado de prisão contra Gustavo Ferraz, que é assessor do ex-ministro e acusado de envolvimento com o político baiano. Há também outros três mandados de busca e apreensão.

Na terça-feira (05/09) a PF flagrou mais de dez caixas e malas com R$ 51 milhões dinheiro em espécie em um imóvel que seria usado pelo ex-ministro para esconder as notas no bairro da Graça, em Salvador. A PF precisou de 14 horas para contar o dinheiro em sete máquinas bancárias para fazer a contagem. O dinheiro foi depositado em uma conta judicial.

A PF possui quatro provas que reforçariam a ligação Geddel com o dinheiro. A perícia encontrou impressões digitais de Geddel em malas e caixas onde estavam estocadas as cédulas no apartamento.

O proprietário do imóvel confirmou à PF, em depoimento na capital baiana, que emprestou o imóvel a Geddel. Silvio Silveira teria cedido o apartamento para que o político guardasse os pertences do pai, que morreu no ano passado. No depoimento, Silveira disse não saber da real intenção do ex-ministro quando solicitou o empréstimo do apartamento.

malas de dinheiro de Gedel


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas