Governador declara SOS ao rio Piauí e quer projeto em 45 dias imprimir publicado em: 07 / 11 / 2016

rio piauiO governador Wellington Dias (PT) alertou que municípios do Estado viraram “as costas para o rio Piauí” e citou a cidade de São Raimundo Nonato. Em reunião no Palácio de Karnak, Wellington Dias declarou SOS ao rio e pediu a secretários e equipe que elaborem projetos e escolham o mais viável para revitalização do leito e matas ciliares do rio que ganhou o nome em homenagem ao Estado. Quem vai coordenar os trabalhos é a vice-governadora, Margarete Coelho (PP).

“Há um sonho de revitalizar o rio Piauí. Cito São Raimundo Nonato que é uma cidade que virou as costas para o rio. O rio fica no fundo do quintal das casas e é um local para jogar lixos e esgotos. É um problema grave para uma cidade turística”, alertou o governador. 

Segundo o governador é preciso revitalizar o rio, principalmente na parte urbana das cidades. Ele citou um projeto de recuperação de Rio Branco, no Acre, em que o rio foi recuperado.

“É preciso um estudo da Semar (Secretaria Estadual de Meio Ambiente) para ver a viabilidade na parte ambiental. Revitalizar o leito do rio e matas ciliares para que a população se volte para o rio e cuide dele”, ressaltou o governador.

A vice-governadora destacou que o rio tem ligação com a história do piauiense.

“É um rio que dá nome ao nosso Estado e que se encontra agonizando. Nós não temos se quer o comitê da bacia do rio Piauí. Já temos um projeto de 2015 e vamos debater a viabilidade desse projeto, se executa esse ou se faz outro. Essa é a primeira reunião para nós balizarmos as ações daqui pra adiante”.

O engenheiro Norbelino Lira garantiu que o projeto de recuperação do rio já está concluído e pronto para ser executado.

Romildo Mafra, da Semar, destacou pontos críticos do rio, principalmente nos municípios de São Raimundo Nonato, São José do Peixe, São Brás, Caracol e Anísio de Abreu.

O governador criou um grupo de trabalho e pediu que em um prazo de 45 dias fosse apresentado uma proposta unificada para a recuperação do rio Piauí. Participam do projeto a Defesa Civil, Semar, vice-governadoria e secretaria de Turismo.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas