Governo aposta na retomada de programa para gerar empregos imprimir publicado em: 01 / 11 / 2016

casasA Caixa Economia Federal deu o sinal verde para o governo do Piauí de que o programa Minha Casa Minha Vida será retomado. A notícia, repassada ao governador Wellington Dias no final da semana passada, está sendo comemorada pelo setor da Construção Civil do estado.

“Nós estivemos na semana passada com o vice-presidente nacional da Caixa que nos trouxe uma notícia alvissareira para o setor da construção civil, que é a retomada do programa Minha Casa, Minha Vida. Agora vai ser o Minha Casa, Minha Vida III e oferecendo a possibilidade de imóveis numa outra faixa que ainda não foi atendida”, disse a vice-governadora Margarete Coelho.

O Minha Casa Minha Vida atende a famílias em três faixas de renda mensal. A primeira de até R$ 1.600,00, pode financiar até 96% do valor de venda da unidade habitacional. As famílias com rendas de até R$ 3.275,00 e até R$ 5 mil podem conseguir subsídios, descontos em taxas e em seguros habitacionais. Para a terceira fase do programa, o governo criou uma nova faixa entre a I e a II, para famílias com renda de R$ 1.600,00 até R$ 3.100,00.

“A Caixa já disponibilizou para o Nordeste, agora depende da iniciativa privada e da infraestrutura. Para que uma casa  fique pronta a energia tem que ser ligada, água ligada, regularização fundiária, questão cartorária, e isso as vezes traz muito entraves para os construtores”, explicou Margarete.

Para que esses empecilhos não tragam problemas para o Piauí, o governo criou um grupo de trabalho para a agilizar a parte burocrática e garantir obras sem intercorrências.

“O governador já nomeou um grupo de trabalho que será presidido por mim, mas deve fazer a parte a Caixa, corregedoria do TJ, associação dos cartórios, Eletrobras, Agespisa e prefeituras dos municípios que vão receber os investimentos. Vamos sentar numa mesa para dar condições de o Piauí chegar na frente na disputa por estes recursos e trazer para o nosso estado aquecer o setor imobiliário, a construção civil”, concluiu.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

0 comentário Comente agora!

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas