Governo Federal desiste de colocar aeroporto de Teresina em leilão imprimir publicado em: 18 / 08 / 2017

petronio portelaO governo federal está avaliando uma nova proposta de leilão para concessão de aeroportos para a iniciativa privada no ano de 2018. Segundo o G1, o aeroporto de Teresina Senador Petrônio Portella, estava na lista para leilão, mas foi retirado da lista do governo.

A lista com os aeroportos que serão leiloados será definida até a próxima quarta-feira (23) quando acontece uma reunião do Programa de Parceria de Investimentos (PPI). Até o momento, 13 aeroportos estariam na mira do governo para serem leiloados. Esse leilão seria em blocos regionais das unidades localizadas no Centro-Oeste com as cidades de Cuiabá, Sinop, Alta Floresta e Barra do Garças, no Nordeste com Aracaju, João Pessoa, Juazeiro do Norte, Campina Grande, Maceió e Recife, e no Sudeste com as cidades de Vitória e Macaé.

Foram retirados da relação os aeroportos de Teresina, Rondonópolis, São Luís e Petrolina. Não foi informado o motivo da retirada deles da lista, mas os blocos escolhidos são compostos por aeroportos lucrativos e deficitários, ou seja, que hoje dão prejuízo à Infraero.

O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, destacou a intenção de ofertar os aeroportos em três blocos regionais. O aeroporto de Congonhas, em São Paulo, seria oferecido sozinho. “Vamos levar ao PPI a sugestão de leiloar Congonhas e os blocos do Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste, mais a participação da Infraero nos aeroportos já concedidos”, explicou Moreira Franco.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas