Governo tenta aprovar projeto de lei que altera impostos no Piauí imprimir publicado em: 16 / 10 / 2017

AlepiA Assembleia Legislativa do Piauí vai apreciar nesta terça-feira (16) um projeto de lei de autoria do governador Wellington Dias (PT) em que propõe o aumento da alíquota do Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em algumas áreas, como comunicação, combustível e energia elétrica. O governo recuou do aumento para a energia elétrica, mas pretende utilizar recursos de empréstimos para o fundo de previdência.

O governo alega que o uso de recursos de empréstimos seria como última alternativa, mas a oposição questiona. “Não é possível o governo utilizar recursos de operações de crédito para pagar despesas como, por exemplo, folha de pessoal. Isso é inadmissível. O estado não corta despesas, não faz a sua parte em um momento de crise e tenta repassar a conta mais uma vez para a sociedade”, disse o deputado estadual Marden Menezes (PSDB) acrescentando que a assembleia precisa ser parceira do governo, mas sem cometer arbitrariedades.

O deputado estadual João de Deus (PT) defendeu a proposta como medida extrema e que em caso de uso o dinheiro será devolvido. “Os estados fazem tudo para não atrasar salários. Atrasar salários significa desorganizar a economia porque cada cidadão deixa de receber seu pagamento e não tem estímulo para trabalhar. O comércio perde também e os empresários querem que isso não aconteça”, comentou o deputado estadual reforçando ainda que os empréstimos vão continuar focados para investimentos.

Antes da votação acontece ainda uma audiência pública para tratar do projeto de lei.

Portaldaclube


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas