Governo vai regularizar 2 milhões de hectares no Piauí até 2018 imprimir publicado em: 30 / 11 / 2016

tituloO Governo do Estado pretende entregar a regularização fundiária de 2 milhões de hectares na capital e interior do estado. Foi o que anunciou o governador Wellington Dias durante a solenidade de entrega da Regularização Fundiária do Conjunto Parque Piauí, nesta terça-feira (29), no Centro Social Urbano (CSU) do bairro. A meta é cumprir o desafio até o fim do ano de 2018.

 “Com o título de imóvel, o dono da casa passa a ter garantias, pode fazer financiamentos, realizar obras na casa e tem os seus direitos assegurados, podendo passá-la para filhos e netos, por exemplo. Isso significa desenvolvimento. Aqui no Parque Piauí todos os mutuários que residem nos 2.794 imóveis e que já quitaram o seu débito, agora poderão solicitar os ofícios de liberação de hipoteca. É uma grande vitória”, pontuou o governador.

Os ofícios de liberação de hipoteca são os documentos que garantem a entrega das escrituras das unidades habitacionais. Os imóveis do conjunto foram construídos há 48 anos pela antiga Companhia de Habitação do Piauí (Cohab) e os mutuários esperam pela regularização há muito tempo. “Moro no bairro há 45 anos, adquiri o imóvel há 40 anos e só agora posso realmente dizer que a casa é minha. É um momento de emoção para todos nós”, disse o presidente da Associação dos Moradores, Gerson Pereira.

O conjunto Parque Piauí é mais um dos empreendimentos habitacionais regularizados por meio do Minha Casa Legal, que vem sendo realizado pela Empresa de Gestão de Recursos do Piauí (Emgerpi) em todo o estado. Na capital, o programa está com o processo em fase final para averbar os conjuntos Bela Vista I e II, Morada Nova, Condomínio Passárgada, entre outros.

No interior, as cidades de São Raimundo Nonato, Guadalupe, Paulistana, Pio IX, Fronteiras e Oeiras já foram beneficiadas pelo programa.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas