Greco prende empresário por furto de energia em academia de Teresina imprimir publicado em: 03 / 09 / 2018

O proprietário de uma academia de ginástica localizada na avenida Homero Castelo Branco, na zona Leste de Teresina, foi preso pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) por suspeita de furto de energia. Segundo informações da Eletrobras Distribuição Piauí, o furto foi detectado durante fiscalizações de rotina na tarde desta segunda-feira (3).

Em nota, a distribuidora informou que foi constatado desvio de energia no ramal de entrada por um perito do Instituto de Criminalística. Por isso, o proprietário foi conduzido ao Greco para prestar esclarecimentos.

A Distribuidora comunicou ainda que “tem intensificado as ações de combate ao furto de energia ao longo de 2018, e mais estabelecimentos comerciais serão inspecionados com o objetivo de reduzir as perdas de energia e contribuir para um ambiente de negócios mais justo”.

Segundo o gerente do departamento de Medição e Combate às Perdas, Dênis Alfredo, os estabelecimentos comerciais que utilizam energia de forma irregular competem de forma injusta com aqueles que a utilizam regularmente.

O furto de energia é crime previsto no Art. 155, § 3º, do Código Penal, cuja pena é de reclusão de um a quatro anos e multa. Caso haja fraude no medidor, a pena varia de dois a oito anos mais multa (Art. 155, § 4º, II, CP).

portalodia.com

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas