Homem conhecido por ‘Miro Rato’ é preso com arma feita de ratoeira imprimir publicado em: 20 / 12 / 2016

miro ratoUma ocorrência curiosa chamou a atenção na cidade de Oeiras, localizada a 271 km de Teresina.  A Polícia Militar prendeu um homem, conhecido pelo apelido de Miro Rato, suspeito de roubar uma moto na cidade. O inusitado foi que Miro Rato foi detido com uma arma artesanal confeccionada por ele utilizando uma ratoeira. Ele foi detido na segunda-feira (19) após uma investigação da polícia.

“A moto foi roubada na sexta-feira (16) e após investigação a polícia conseguiu chegar até o suspeito na segunda. A arma foi apreendida na casa do suspeito depois que uma equipe da Força Tática passou a informação. É uma arma artesanal que usa basicamente uma ratoeira, uma parte de uma bengala de moto, parafuso, barbante e um pedaço de um cortador de unha. Apesar de parecer que não funciona, a arma pode matar uma pessoa”, informou o tenente coronel Baltazar Nogueira, comandante do 14ª Batalhão de Polícia Militar de Oeiras.

Segundo a polícia, a arma ‘calça’ munição calibre 28 e, de acordo com a polícia, usa toda a mecânica da ratoeira para a dinâmica do disparo. “Essas armas caseiras sempre pegam esses calibres menores e mais comuns. Geralmente são usados para assaltos, como foi o caso deste, para intimidar as vítimas, mas pode sim ferir e é considerada uma arma, mesmo sendo artesanal. A arma funciona toda com o desarme da ratoeira para prender o alvo”, explicou o comandante.

Ainda de acordo com a polícia, não é possível informar se ele fez a arma pensando no apelido que é conhecido (Miro Rato).

“É uma situação curiosa a ligação do nome com a ratoeira, mas não sabemos se tem relação ou foi coincidência. O que sabemos é que a invenção foi feita por ele. Isso mostra também que  ou ele teve contato com alguém que já tinha uma certa espécie de conhecimento, ou que estão atentos a pesquisar maneiras alternativas de praticar crimes devido à falta de acesso a armamento de fabricação industrial”, disse.

O preso e o material apreendido foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de Oeiras.

Portaldaclube


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas