Homem tem a cabeça esmagada por caminhão ao tentar atravessar BR-316 imprimir publicado em: 05 / 04 / 2018

homicidiosUm homem morreu na tarde desta quinta-feira (05/04) após ser colhido por um caminhão na BR-316, entre os bairros Parque Piauí e Bela Vista, na Zona Sul de Teresina.

O homem tentava atravessar a rodovia, próximo a uma passarela, mas acabou sendo colhido pelo veículo e teve a cabeça esmagada, além de várias fraturas pelo corpo, após ser arrastado por cerca de quatro metros.

A identidade do homem ainda não foi divulgada, pois a Polícia Rodoviária Federal aguardava a chegada do Instituto Médico Legal no local e o início da perícia. Pessoas que conheciam ele o identificaram apenas como Joaquim. A sua massa encefálica ficou espalhada pela rodovia.

Segundo o inspetor F. Rodrigues, da PRF, o acidente poderia ter sido evitado se a vítima tivesse atravessado pela passarela. “É um local onde há constate acidentes, tipo atropelamento de pedestres, tem uma passarela logo aqui em frente, mas alguns pedestres, não são todos, insistem em passar a rodovia sem utilizar a passarela. Tem uma mureta, que é proibido passar nesse local, mas infelizmente, a gente se encontra com esse tipo de acidente, que geralmente é fatal”, disse.

Segundo o inspetor, uma pessoa que estava próximo ao local disse que o caminhão trafegava normal na rodovia quando o pedestre foi passar. O motorista do caminhão envolvido no acidente não ficou no local.

Uma das testemunhas do acidente, Fernando da Cruz Marques, disse ao 180 que viu o momento em que o homem foi colhido pela carreta. “Eu vinha atrás da Scania e ele estava na mureta. No ‘supapo’ do vendo ele caiu e a Scania veio arrastando ele na lateral, veio quebrando as pernas, braços, veio tudo ‘comendo’. Por último a Scania passou por cima da cabeça dele e a placa estava embaçada, pois é Scania de viagem e foi embora, seguiu o rumo”, disse ele que tirou a camisa para tentar cobrir o corpo.

180graus.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas