HUT não receberá mais casos de menor complexidade imprimir publicado em: 25 / 11 / 2016

HUTDevido a superlotação, casos de menor complexidade não serão mais atendidos pelo Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Além disso, as internações serão limitadas. Para que a população não fique sem atendimento, a Fundação Hospitalar de Teresina (FHT) está reorganizando a rede de saúde da capital de acordo com o perfil de atendimento de cada hospital.

Com essa nova organização a rede poderá oferecer à população uma assistência mais qualificada e direcionada a necessidade do paciente. O projeto está sendo finalizado e já está sendo discutido com todas as unidades de saúde da Prefeitura de Teresina.

Casos de menor complexidade devem procurar atendimento nos hospitais de bairro. De acordo com a presidente da FHT, Fátima Garcez, a reorganização da rede é fundamental para otimizar o atendimento. “Os hospitais da nossa rede são preparados para atender casos de menor complexidade como tosse, febre, vômito, dor de barriga etc. Caso seja necessário o hospital encaminhará o paciente para uma unidade de maior complexidade de acordo com a necessidade do paciente”.
 
Fátima explicou ainda que no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) não será mais atendida demanda espontânea. “O HUT é um hospital de alta complexidade especializado no trauma. Não podemos continuar atendendo baixa complexidade numa estrutura preparada para casos muito mais complexos. Com esse novo fluxo o HUT só receberá paciente referenciado”, explicou a presidente.
 
Um paciente referenciado é aquele encaminhado por outro hospital. Para que ele tenha acesso ao atendimento em um hospital de maior complexidade e de acordo com a sua necessidade a equipe médica passa o caso para a Central de Regulação de Leitos que faz a busca na rede de saúde e encaminha o paciente. Deste modo o paciente garante o atendimento.
 
O diretor geral do HUT, Dr. Gilberto Albuquerque, disse que os casos de menor complexidade acabam superlotando o hospital e prejudicando o atendimento dos pacientes com problemas mais complexos. “O HUT tem uma grande estrutura que precisa ser melhor aproveitada. Desde que foi inaugurado estamos preparando a rede para essa nova realidade e oferecer para a população um atendimento com mais  qualidade e dentro dos padrões preconizados pelo Ministério da Saúde”, destacou.
 
Para o primeiro atendimento a população deve procurar os hospitais de bairro, de preferência o que fica mais perto de casa. A Prefeitura de Teresina tem hospitais nos seguintes bairros: Parque Piauí, Monte Castelo, Primavera, Matadouro, Santa Maria da Codipi, Satélite, Buenos Aires, Promorar e Dirceu. Ainda tem as Unidades de Pronto Atendimento (UPA´s) dos bairros Promorar e Renascença.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

0 comentário Comente agora!

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas