Ídolo no River e agora no Flamengo, goleiro Naylson espera críticas imprimir publicado em: 27 / 12 / 2016

Naylson

Goleiro Naylson defendeu o Galo em 2015 e 2016

Anunciado pelo Flamengo-PI na véspera de Natal, o goleiro Naylson terá dois desafios na próxima temporada. Além de tentar repetir as boas atuações que o fizeram um dos principais atletas do futebol do Piauí nos últimos anos, ele tentará superar a ligação com o River-PI, maior rival do Leão, onde o goleiro foi um dos heróis da campanha do vice-campeonato da Série D de 2015. Para ele, agora é hora de escrever novos bons capítulos na sua história, mas com a camisa do Rubro-Negro.

Naylson chegou ao Galo no início daquele ano, chamado por Flávio Araújo, que assumia o comando do River-PI. Inicialmente cotado para ser reserva de Dalton, foi promovido quando o dono da posição de contundiu em um amistoso e a partir daí não saiu mais. Em 2016, apesar de deixar o clube algumas rodadas antes do rebaixamento na Série C, ainda foi eleito o melhor goleiro do Campeonato Piauiense. Em 2017, ele volta ao estadual, mas pelo Leão, onde quer repetir os bons momentos.

– Fiz minha história no River-PI e espero fazer minha história no Flamengo-PI. Sou um trabalhador, tenho uma família para sustentar, e espero ser feliz no Flamengo-PI o tanto que fui feliz no River-PI. Sei que vai ter muitas críticas, mas vão só me fortalecer – diz o jogador.

E as críticas, como era de se esperar, começaram a surgir desde a confirmação de sua contratação pelo Rubro-Negro. Naylson prefere adotar o respeito, diz que mantém o carinho pela torcida riverina e que recebe de volta esse carinho de alguns torcedores.

– Vou respeitar. A torcida do River-PI me chamava como paredão, dei muitas alegrias a eles, e respeito qualquer torcedor. Tenho um carinho enorme por todos, mas sou trabalhador, minha família depende de mim e tenho que trabalhar. Meu pai sempre disse que as críticas sempre vão nos fortalecer, e tenho certeza que as críticas dos torcedores riverino vão me fortalecer. Eu sei os que torcem por mim vão torcer por mim até hoje. Muitos torcedores riverinos estão mandando mensagens de apoio para mim, pedindo para eu ser feliz. Tenho carinho por todos e vou respeitar sempre – afirma.

E nessa mudança radical de ares no futebol piauiense, alguns fatores tiveram grande influência. Além da preferência da família do goleiro, bem adaptada à vida em Teresina, Naylson também cita uma peça fundamental na negociação: o atacante Eduardo, que vai reeditar a parceria com o companheiro no Rubro-Negro, onde também acumula o cargo de diretor administrativo.

– A proposta do Flamengo-PI foi boa. Ainda tenho contrato no Sampaio e pedi para eles me liberarem. Estou largando muita coisa para jogar apenas um Campeonato Piauiense, mas muitas coisas valeram, como minha família que gosta muito de Teresina, a cidade toda me acolhe bem. Uma coisa principal foi Eduardo, que para mim eu tenho como um irmão, é um cara que eu respeito – resume.

Naylson ainda curte férias com a família em Manaus e aguarda sinalização da diretoria do Flamengo-PI para saber quando chega a Teresina. A pré-temporada da equipe, que será comandada por Celso Teixeira, está marcada para começar no dia 2 de janeiro. Até o momento, o Rubro-Negro tem 21 jogadores confirmados para a próxima temporada.

Lista de jogadores do Flamengo-PI
Goleiros: Naylson e Santos
Zagueiros: Rafael Araújo, William, Miltão e Anderson Lima
Laterais: Johnathan, Barata e Tiaguinho
Volantes: Alessandro, Vitor Recife, Lima, Léo Maceió e Leonardo
Meias: Neilson, Capela e Jean Carlos
Ataque: Rael, Eduardo, Fabinho, João Manoel

globoesporte.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas