Impugnação de urnas pode alterar resultado da eleição para deputado imprimir publicado em: 08 / 10 / 2018

urnaO resultado final da eleição para deputado estadual e deputado federal no Piauí pode sofrer algumas alterações devido ao processo de impugnação de urnas eletrônicas, que ainda está em julgamento pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE-PI). Por causa quebra de sigilo do voto, duas sessões estão sendo impugnadas: a zona 02, sessão 486, onde o candidato ao governo Dr. Pessoa votou; e a zona 16, sessão 113, que fica no interior do Piauí.

A informação foi repassada pelo procurador eleitoral do Piauí, Patrício Noé. De acordo com eles, as duas sessões, juntas, somam mais de 700 votos, o que para eleição de deputados pode significar muito. “Muitos dos candidatos só conseguem de eleger por causa do voto proporcional, do cálculo do coeficiente do partido e, nesses casos, um voto pode fazer toda a diferença sobre quem vai eleito e quem não vai em determinada legenda e coligação”, explicou o procurador.

A sessão onde o candidato ao governo Dr. Pessoa, por exemplo, computou um total de 353 votos na urna. O pedido de impugnação por quebra do sigilo foi feito, porque o candidato alegou problemas e fraudes na urna, fazendo com que outras pessoas, além dele, fossem até a cabine de votação para entender o que estava acontecendo. Os votos da urna chegaram a ser impugnados, mas a Justiça Eleitoral acatou um recurso e indeferiu o pedido feito pelo procurador Patrício Noé. Ele afirmou que também vai recorrer.

Com relação à outra sessão no interior do Estado, onde foram contabilizados 368 votos, Patrício Noé disse que os votos dela também foram impugnados, mas não deu detalhes do motivo e nem do andamento do processo.

portalodia.com

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas