Instrutores de autoescolas fecham pátio do Detran e RONE é acionado imprimir publicado em: 12 / 07 / 2012

detran

Instrutores fecharam pátio do Detran

Reivindicando melhorias nas condições de trabalho e reajuste salarial, instrutores das autoescolas de Teresina paralisaram atividades e fecharam a entrada para o pátio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), onde é realizada parte dos testes de percurso e baliza dos alunos das autoescolas. Para que fosse desobstruída a passagem, o Batalhão das Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone) foi acionado.

Embora não tenha ocorrido confronto, a polícia precisou intervir para que a entrada para o pátio fosse liberada e os alunos pudessem entrar no local. Aqueles que deixaram de realizar os exames práticos, na manhã de hoje (12), terão de pedir o reteste junto a Detran que, de acordo com o diretor Antônio Vasconcelos, não cobrará a taxa pela nova avaliação, cujo valor é de R$ 30.

Contudo, a representantes das autoescolas de Teresina, Vanessa Carvalho, informou que terá de ser paga a taxa de R$ 60 para as autoescolas, pelo novo deslocamento dos veículos, por aqueles que não realizaram o exame. A informação é de que cerca de 400 testes deixaram de ser realizados.

Vanessa informou, ainda, que o reajuste pedido pelos instrutores, de cerca de 60%, é “surreal” e impossível de ser concedido no momento. Os trabalhadores pedem que o salário, que hoje é de R$ 800, seja reajustado para R$ 1,3 mil.

“Cada vez menos alunos procuram as autoescolas, porque o valor das aulas para a retirada da CNH realmente está alto e a fiscalização para quem dirige sem carteira é fraca. Nós não temos condições de conceder esse reajuste”, informou ela.

O diretor do Detran disse que chegou a tentar intermediar uma negociação entre os trabalhadores e o sindicato patronal, mas não obteve resultado. Segundo ele, uma nova reunião foi agendada para as 15 horas de hoje, entre os donos das autoescolas e a categoria.

Atualmente são cerca de 800 profissionais instrutores em todo o Piauí. Em Teresina, por conta da paralisação, 35 autoescolas precisarão remarcar exames dos cerca de 400 alunos que foram impedidos de realizar os testes hoje.

portalodia.com

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas