Jovem que matou mãe de vereador de Barras era ‘de dentro de casa’ imprimir publicado em: 17 / 02 / 2018

casaO rapaz suspeito de matar Maria do Nascimento Cavalcante, de 69 anos, era vizinho da vítima no povoado Ingá, Zona Rural do município de Barras, a 119 km de Teresina. Maria França, como era conhecida, e o marido, Francisco Miguel, conheciam o rapaz desde que era criança e por diversas vezes ajudaram a família do jovem de 19 anos.

De acordo com a nora da vítima, Conceição Lopes Cavalcante, esposa do vereador José do Nascimento Cavalcante, o Zé do Pó (PR), Maria França era madrinha de um dos irmãos do suspeito do crime. O rapaz morava com a tia em um terreno que fica ao lado do sitio onde morava o casal de idosos.

“Dona Maria era comadre da mãe dele. Ele era de dentro de lá da casa dela, se alimentou lá muitas vezes, por que eles eram muito pobres e minha sogra era muito farta”, conta Conceição de Maria.

Ainda segundo a nora, a água que era usada na casa do rapaz vinha de um poço tubular construído na casa da vítima. “Quando ela foi fazer o poço, meu marido fez a ligação até lá, por que eles não tinham. Eles bebem, lavam, tudo com a água da casa da minha sogra”, disse.

De acordo com Conceição de Maria, a família do suspeito não compareceu ao velório da vítima. “Eles não têm culpa de nada, mas mesmo assim ficaram com medo da reação da família”, comenta Conceição.

Ele matou a mulher depois de ser pego pelo marido dela, dentro da casa da família, tentando furtar objetos da residência. O suspeito passou mais de 24 horas escondido na mata da cidade, e foi convencido pelos tios a se entregar para a Polícia Civil. O rapaz tinha passagens pela Justiça por roubo cometido na cidade de Batalha.

 

Portaldaclube


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas