Justiça autoriza perícia no celular de jovem morta por ex-PM imprimir publicado em: 09 / 02 / 2018

camila abreuA juíza de direito da 2º Vara do Tribunal do Júri, Maria Zilnar Coutinho Leal, autorizou nesta quinta-feira (8) a perícia no celular da estudante Camilla Abreu, assassinada pelo ex-capitão da Polícia Militar Alisson Wattson da Silva Nascimento. A decisão foi publicada no mesmo dia em que a decisão pela expulsão do ex-militar dos quadros da PM foi tornada pública pela Corporação.

Na decisão, a magistrada autorizou que sejam extraídas conversas e imagens do celular da vítima. O laudo pericial do aparelho deverá ser realizado pelo Instituto de Criminalística do Estado e encaminhado à Justiça no prazo de 10 dias. A perícia havia sido solicitado pela defesa do ex-militar, assassino confesso da estudante.

Em um parecer enviado à Justiça na última quarta-feira (7), o promotor João Mendes Benigno Filho havia solicitado à juíza Maria Zilnar Coutinho Leal o indeferimento do pedido de perícia no celular da estudante, alegando que não há qualquer menção à prova durante a apresentação da defesa, tendo sido feita somente agora. Além disso, para o promotor, os depoimentos de testemunhas anexados ao inquérito policial já comprovam o comportamento agressivo e ciumento do policial com a namorada.

O celular da jovem foi a primeira pista encontrada pela Polícia após a família denunciar o desaparecimento da jovem, no dia 26 de outubro de 2017. Dois dias após o desaparecimento, o aparelho telefônico foi encontrado por uma pessoa desconhecida em uma lixeira às margens da BR-343, próximo ao local onde o corpo da jovem foi ocultado pelo ex-militar.

Testemunhas

No mesmo documento, a juíza da 2ª Vara do Tribunal do Júri indeferiu o pedido de apresentação de testemunhas de defesa para a audiência de instrução e julgamento do caso, que deve acontecer no próximo dia 23 de fevereiro. Para a magistrada não deverá ser concedido privilégios para uma das partes, tendo em vista que a defesa perdeu o prazo legal estipulado pelo Código de Processo Penal.

 

portalodia.com

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas