Justiça suspende propaganda do Sindserm contra Firmino na TV imprimir publicado em: 17 / 09 / 2016

O juiz Carlos Augusto Nogueira (PMDB), responsável por julgar os casos de propaganda irregular nas eleições, determinou a suspensão de uma propaganda do Sindicato dos Servidores Municipais de Teresina, na qual eram utilizados os termos “corrupção” e “roubalheira” para se referir a gestão do prefeito Firmino Filho (PSDB). A propaganda estava sendo veiculada em apenas uma emissora.

A decisão é consequência de uma representação eleitoral ingressada pela assessoria jurídica da campanha de Firmino Filho, alegando que o conteúdo da propaganda do sindicato provoca um desequilíbrio no processo eleitoral, além de promover calúnias e campanha difamatória contra o atual chefe do Executivo municipal. “A propaganda, da forma como estava posta, era mais que um instrumento de pressão, o qual o Sindicato tem todo direito de fazer, eram afirmações muito fortes, que desequilibram a eleição e prejudica a atual gestor”, explicou Charles Max, assessor jurídico da campanha tucana.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas