Lama e buracos provocam acidentes no bairro Dirceu Arcoverde em Teresina imprimir publicado em: 22 / 08 / 2014

lama

Motoristas reclamam que semáforo funciona esporadicamente

Buracos, lama e mau cheiro. Esses são alguns dos transtornos que a população que passa pela Avenida Noé Mendes, no bairro Dirceu Arcoverde, zona Sudeste de Teresina, precisa conviver diariamente. O local, que fica próximo às hortas comunitárias, tem o fluxo intenso de veículos, mais um motivo agravante para os moradores daquela localidade, que presenciam acidentes constantemente.

Raimundo Dutra é comerciante e trabalha em frente ao cruzamento das ruas Noé Mendes com Desembargador Antero Santana. Ele conta que a lama invade a pista e impede que os motoristas vejam os buracos na via. Segundo ele, os motociclistas são as maiores vítimas.

“Há muito tempo que os motoristas reclamam desses buracos, principalmente pelos acidentes. Tem dia que essa lama escorre pela rua toda e alaga tudo. Os pedestres que passam por aí se sujam, até os motociclistas e ciclistas são atingidos pela lama”, disse.

O semáforo, instalado no cruzamento das ruas, também não tem funcionado em perfeitas condições. Raimundo Dutra relata que, constantemente, o equipamento para de funcionar, deixando o trânsito caótico. O comerciante conta que, há poucos dias, conversava com um motociclista que sofreu um acidente há um ano, quando presenciou uma nova colisão.

“Esse rapaz que eu conversava colidiu com um ônibus e chegou a quebrar a perna. A gente estava falando desses buracos, que são muito perigosos, quando um motoqueiro caiu ao tentar desviar da buraqueira”, relata.

Fonte: Jornal O Dia


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas