Levantamento da Strans revela que só 19% dos ônibus estão circulando imprimir publicado em: 30 / 01 / 2017

vanA greve dos motoristas e cobradores de ônibus de Teresina e a falta de proposta de reajuste que contemple os trabalhadores deixará muitos usuários do transporte público sem conseguir se deslocar nesta segunda-feira. De acordo com levantamento da Strans, apenas 19% da frota foi colocada na rua pela manhã. Quando o sistema funciona normalmente, 445 veículos são disponibilizados para atender à população, mas hoje havia apenas 86.

O Consórcio Poty, que opera na zona Norte, está circulando com 12 ônibus, de um total de 91. O Consórcio Teresina, que é responsável pela zona Sudeste, é o que tem menos veículos nas ruas: de 123, apenas sete estão rodando. A Transcol, na zona Sul, tem 143 ônibus e colocou apenas 43 para atender a população. Já o consórcio Urbanus, na zona Leste, tem 24 veículos na linha, de um total de 87.

De acordo com a assessoria da Strans, foram cadastrados até agora 120 transportes alternativos para reforçar o sistema durante a greve. Mesmo assim, a quantidade de carros, somados aos ônibus dos consórcios, correspondem a apenas 46% da demanda. Por isso, novos veículos poderão ser cadastrados.

Os carros alternativos recebem apenas a passagem em dinheiro, ou seja, não aceitam cartão, mas são obrigados a atender as gratuidades e a receberem a tarifa estudantil, mediante a apresentação da carteira.

A justiça do trabalho determinou que o Sintetro mantenha pelo menos 70% da frota nos horários de pico e 60% nos demais horários. O sindicato alega que está cumprindo a ordem judicial.

A categoria iniciou a greve por falta de acordo com os empresários, que ofereceram reajuste salarial de 8,5%, enquanto os trabalhadores só aceitam a proposta de 10%.

portalodia.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas