Líder informa retirada da pauta de projeto que cria a fundação imprimir publicado em: 05 / 10 / 2016

Joao de DeusO líder do Governo na Casa, deputado João de Deus (PT) foi à tribuna nesta quarta-feira (05) informar às categorias dos servidores que o projeto relacionado a criação da Fundação Piauí Previdência, que substitui a Superintendência de Previdência na Gestão do Regime Próprio de Previdência Social do Estado, foi retirado de pauta e somente será votada após exaurir todas as discussões. “Decidimos retirar de pauta para poder discutir com as categorias dos servidores”, afirmou.

João de Deus disse que que o Tribunal de Contas do Estado encaminhará o relatório do que foi discutido ontem (04), com as categorias, para ser analisado conjuntamente, amanhã (06) com o relator da matéria deputado Aluísio Martins (PT), liderança do governo, Secretário de Administração Franzé Silva. “Pretendemos até segunda-feira (10) conversar com as categorias dos servidores para ouvir as sugestões”, disse.

De acordo com o parlamentar, o Governo do Estado acolheu algumas sugestões das categorias como retirar hospitais e escolas públicas da relação de obras que seriam transferidas para a Previdência; não utilizar o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – Fundeb para possíveis alugueis de prédios; inclusão e participação de Conselho. “Já é um avanço significativo atender essas proposições, mostrando que o governador não tem interesse em gerar problemas ou desconfiança por parte do servidor”, disse João de Deus.

João de Deus aproveitou a explicar sobre o incidente ocorrido ontem (05) com a publicação de uma matéria, arquivada, sobre a “criação de gabinete para ex-governador”. “Não existe nenhuma matéria criando gabinete para ex-governador, recebi da assessoria uma cópia do projeto do ano de 2010 e que foi arquivada porque o governador entendeu ser um equívoco. Não tem o que discutir, quero tranquilizar a opinião pública sobre esse assunto”, afirmou o líder do governo.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas