Lula chega ao Piauí e é recebido por multidão em Marcolândia imprimir publicado em: 01 / 09 / 2017

lula em marcolandiaO ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi recebido por uma multidão de pessoas no município de Marcolândia, a 413 km de Teresina, nesta sexta-feira, 1º de agosto.

A pouco mais de um ano das eleições presidenciais de 2018, o petista realiza uma “caravana” pelos estados do nordeste. A passagem pelo Piauí vai desta sexta-feira até a próxima segunda-feira (4),

Em Marcolândia, o ex-presidente visita o Complexo Eólico Chapada do Piauí, primeiro compromisso em sua extensa agenda para o fim de semana no estado.

A senadora Regina Sousa (PT) considera que a visita de Lula ao estado deve dar um novo fôlego aos militantes do Partido dos Trabalhadores. “O Lula está arrastando multidões por onde passa. Então, a expectativa é que aqui no Piauí também multidões recepcionem o Lula por onde ele passar […] Ele vai passar esses três dias no Piauí e vai reacender a militância, reacender a esperança nas pessoas, porque esse país está precisando de esperança, e o Lula traz isso para as pessoas. Traz ânimo para a militância”, afirmou Regina.

Em sua passagem pelo estado, Lula receberá da Universidade Federal do Piauí o título de doutor honoris causa.

O ex-presidente vai a Picos no sábado e chega no final da tarde a Teresina, onde deve dormir. Na manhã de domingo ele e sua comitiva vão à cidade de Altos, onde acontecerá um ato político e será feita a entrega do título de cidadão altoense ao ex-presidente.

Ainda na manhã de domingo Lula retorna à capital, e, a partir das 11h30, ele participa de um evento no Theresina Hall. Logo depois , ele vai a Timon (MA) receber o título de cidadão honorário do município maranhense.

Na segunda-feira (4), a partir das 9 horas, Lula receberá o título de doutor honoris causa pela UFPI, em evento que será realizado no Cine Teatro da instituição.

lula

Condenação por corrupção e lavagem de dinheiro

No dia 12 de julho de 2017 Lula tornou-se o primeiro presidente do Brasil condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O petista foi sentenciado a nove anos e seis meses de prisão por ter recebido suborno de R$ 2 milhões de uma das empreiteiras envolvidas no Petrolão, o maior esquema de corrupção já descoberto no país, que teve como principal vítima a estatal Petrobras.

A condenação de Lula foi imposta pelo juiz federal Sérgio Moro, coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato na primeira instância.

Mesmo com a sentença, Lula recebeu o direito de recorrer em liberdade.

De acordo com a acusação, o ex-presidente usufruía de parte das propinas recolhidas junto às empresas que prestavam serviços à Petrobras.

Lula teria recebido, por exemplo, um apartamento triplex de frente para o mar no Guarujá (SP). O imóvel seria um presente da OAS, uma das integrantes do cartel de empresas que, durante os governos do PT, monopolizou e superfaturou contratos com a Petrobras, desviando bilhões de reais em recursos públicos.

O ex-presidente chegou a ser flagrado com sua esposa, Marisa Letícia, durante visita ao triplex, acompanhados de Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS, e do então diretor de incorporação da empreiteira, Roberto Moreira.

portalodia.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas