Madonna está na mira do serviço secreto americano; saiba o motivo imprimir publicado em: 24 / 01 / 2017

MadonnaAinda rende assunto a presença de Madonna na Marcha das Mulheres, que aconteceu em solo americano no último fim de semana. Ao dizer que “pensou em explodir a Casa Branca após a posse de Donald Trump”, a cantora corre o risco de ser investigada pelo Serviço Secreto dos Estados Unidos.

Apesar de ter declarado posteriormente que não queria incitar a violência e que era uma metáfora, a declaração da Material Girl, além de outras manifestações de ódio, fez a segurança do novo presidente ficar em alerta.

Reince Priebus, o novo assessor de imprensa da Casa Branca, sem citar nomes já declarou que “achava de bom tom celebridades que estão atacando o novo presidente publicamente se desculparem”. Ele ainda afirmou que a declaração de Madonna no último domingo (22), em Washington, assim como toda e qualquer ameaça de risco à Trump, deverá ser investigada a fundo.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas