Mais de 60% dos condutores autuados sem CNH são motociclistas imprimir publicado em: 06 / 09 / 2016

motosUm levantamento feito pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) apontou que no Piauí quase 64% das pessoas que foram flagradas conduzindo veículo sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) eram motociclistas. Somente este ano, o número total de pessoas autuadas pela irregularidade chega a 3.453 entre carros e motos.

Conforme o inspetor da PRF Fabrício Loiola, o número é preocupante uma vez que a motocicleta é um tipo de veículo que deixa seus ocupantes mais vulneráveis em casos de acidente.

Em 2014, o número de motociclistas flagrados sem o documento chegou a 4.756. Já em 2015, esse número subiu para 5.074. Ainda de acordo com o inspetor, mesmo que a tendência do ano passado para este ano seja para a redução, a variação ainda é muito tímido.

prf

Inspetor Fabrício Loiola, policial rodoviário federal

“Isso nos preocupa muito porque é através do processo de habilitação que a pessoa vai estar preparada para conduzir um veículo. O alto índice de acidentes com mortes nas rodovias, e também em vias urbanas, revela que é preciso ter um cuidado mais preciso ao conduzir um veículo. Por isso a importância do devido preparo. A gente precisa zelar pela vida”, disse.

Infração
Dirigir sem habilitação é uma infração que está prevista no artigo 162, inciso I, do Código de Trânsito Brasileiro. Sendo de natureza gravíssima, com valor da multa triplicado, ou seja, no valor de R$ 574,62.

Caso o condutor seja flagrado, o veículo fica retido até a apresentação de um condutor habilitado. A PRF lembra ainda que, a partir de novembro deste ano o valor das multas de trânsito para esta infração vai aumentar para R$ 880,41 em cumprimento à Lei 13.281/2016.

Portaldaclube


PDF pagePrint page

PARTICIPE

0 comentário Comente agora!

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas