Maternidade ganha 10 novos leitos, mas não resolve crise imprimir publicado em: 29 / 05 / 2017

evangelinaO governador Wellington Dias (PT) está neste momento entregando mais 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (Utin) na Maternidade Dona Evangelina Rosa.

Com essa ampliação, a maternidade aumenta a resolutividade na assistência neonatal, com a oferta de 64 leitos para bebês prematuros que necessitam de cuidados especiais. No entanto, a superlotação da maternidade é um problema a ser resolvido.

Segundo o diretor da maternidade, Francisco Macêdo, a melhoria no atendimento ao binômio mãe/ bebê é prioridade. “Estamos trabalhando junto com a Secretaria de Estado da Saúde e uma equipe de engenheiros e arquitetos pra que possamos encontrar uma maneira viável para aumentar o número de leitos de Obstetrícia e Neonatologia”, explica Macêdo, ressaltando o empenho do governador Wellington Dias no apoio às intervenções que precisam ser feitas na casa.

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, acrescenta que a maternidade será otimizada o que vai oportunizar a construção de mais 50 leitos . “Identificamos espaços que podem ser otimizados e assim vamos garantir mais 50 leitos para a atenção a maternidade e a infância”, reitera.

Para o secretário, apesar dos avanços, o problema da superlotação na maternidade Evangelina Rosa só será definitivamente solucionado com a construção de uma nova maternidade de referência no Estado.

“A secretaria vai dar ordem de serviço nos próximos dias para que ainda no primeiro semestre possamos iniciar a construção dessa maternidade que será localizada na avenida presidente Kennedy”, declarou o Florentino Neto que elencou projetos e obras em andamento no Estado.

UTIJá inauguramos leitos de UTIs em Parnaíba, Floriano e estamos prestes a inaugurar em Picos. Sobre unidades de cuidados intermediários temos obras a serem executadas em Parnaíba, Piripiri, Picos, Floriano e um projeto para São Raimundo Nonato. Se nós conseguirmos dar um atendimento de melhor resolutividade para a mãe e o bebê em sua região, consequentemente, nós vamos um menor ingresso de pacientes na maternidade Evangelina Rosa”, finalizou o secretário de Saúde.

O governador participou da inauguração de dez leitos de UTI na maternidade Dona Evangelina Rosa e disse que o objetivo do governo neste momento é continuar ampliando o atendimento à saúde, como forma de descentralizar os serviços.

“Estamos ampliando as condições para dar maior segurança, entregando leitos e o objetivo é a descentralização. Isso para trazer melhores equipamentos, melhor atendimento de profissionais e menos risco para quem trabalha e para quem é atendido”, destacou.

 

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Esporte

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas