Mecânico é suspeito de sumir com carros de 100 clientes de oficina imprimir publicado em: 19 / 12 / 2016

joselito

Suposto mecânico

O suposto mecânico identificado como Joselito Gomes, conhecido como Paraíba, é suspeito de ter aplicado golpe em mais de 100 clientes. As vítimas deixavam os veículos na oficina e não tinham os bens de volta, recebiam com peças velhas ou sem reparos.

Os carros eram levados para uma oficina no bairro Morada Nova, zona Sul da capital, de onde desapareciam ou tinham peças roubadas. O dono do estabelecimento disse que não tinha conhecimento da situação e registrou Boletim de Ocorrência no 10º DP. Contudo, ele também está sendo investigado.

Darlan Alencar é uma das vítimas e conta que levou o prejuízo de R$ 4 mil pelo pagamento antecipado de peças e mão de obra. O técnico em refrigeração só descobriu que foi lesado devido a demora na entrega do veículo. Para a surpresa de Darlan, o carro não estava mais na oficina mecânica.

“Eu deixei meu carro na oficina e sumiu de lá. Ele só me pedindo dinheiro e eu perguntando onde estava meu carro e ele sem dizer onde estava. Saí do meu estabelecimento e fui atrás. Ele disse que meu carro estava na DL Diesel, mas essa oficina não existe. Depois, disse que estava em Timon-MA. Procurei na cidade inteira e não encontrei. Voltei na oficina, perguntei novamente onde estava meu carro. Ele não dizia e ainda falou que eu estava errado”, disse Alencar.

O veículo de Darlan foi localizado em um galpão no bairro Tabuleta, na zona Sul de Teresina, sem as algumas peças como a turbina e bomba injetora originais.

“Acionei a Polícia Militar, mas antes da equipe chegar, ele mandou uma pessoa me ligar dizendo onde estava o carro. O veículo estava na Tabuleta e ele não tinha feito nenhum reparo, estava do mesmo jeito que eu entreguei e isso estava com dois dias”, explica Darlan Alencar.

Juntamente com Darlan Alencar, cerca de 100 pessoas teriam sido lesados. As vítimas criaram um grupo no aplicativo WhatsApp para compartilharem informações sobre o paradeiro do suspeito, considerado foragido. Algumas alegam que, inclusive, estariam sendo ameaçadas de suspeito. Pelo Facebook, outra vítima oferece R$ 500 para quem repassar informações verdadeiras sobre Paraíba.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

0 comentário Comente agora!

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas