Mercado global de smartphones começa a estagnar, diz pesquisa imprimir publicado em: 05 / 09 / 2016

smartphoneDe acordo com dados da pesquisa Worldwide Quarterly Mobile Phone Tracker, da IDC, o mercado mundial de smartphones deve movimentar 1,46 bilhão de unidades. Embora esse número represente um crescimento de 16% com relação ao ano passado, ele também mostra uma desaceleração imensa frente ao crescimento de 10,4% de 2014 para 2015.

Segundo a IDC, boa parte desse pequeno crescimento acontecerá graças aos “mercados emergente”, como América Latina, Oriente Médio e sudeste asiático. A empresa de pesquisa de mercado espera que entre 2015 e 2020, esses mercados cresçam um total de 5,4%. Para os mercados desenvolvidos (EUA, Canadá, Japão e Europa Ocidental), a estimativa é de recessão de 0,2% no mesmo período.

Esse cenário deve acontecer simultaneamente a uma queda dos preços médios dos dispositivos. a IDC estima que o preço médio de venda de ‘phablets’ (smartphones com telas de 5,5 polegadas ou mais) caia 27% de US$ 419 em 2015 para US$ 304 em 2020. Para os smartphones menores, no mesmo período, a queda deve ser de 12%, de US$ 264 para US$ 232.

Tendências

A IDC atribui esse cenário ao fato de que, em mercados desenvolvidos, boa parte das pessoas já tem um smartphone. Além disso, os consumidores estariam cada vez mais satisfeitos com seus aparelhos, o que provoca uma queda na frequência com a qual eles trocam de aparelho.

Também deve-se considerar, segundo a empresa, o fato de que não há grandes inovações acontecendo entre os smartphones atualmente. Isso faz com que as pessoas se sintam menos motivadas a comprar um aparelho novo, já que o ganho que essa compra lhes daria em termos de recursos seria relativamente pequeno.

Por outro lado, as plataformas de realidade virtual, como a Samsung Gear VR e a Google Daydream podem representar uma novidade capaz de incentivar consumidores a buscarem novos aparelhos, segundo o Business Insider. Além delas, a Apple também deve apresentar alguma novidade com esse mesmo potencial em 2017, para celebrar os 10 anos do iPhone.

Plataformas

Com relação a sistemas operacionais, a IDC não espera ver grandes mudanças no cenário. A empresa espera que, entre 2016 e 2020, o Android aumente sua participação de mercado de 85,3% para 85,7%, com o iOS crescendo de 13,9% para 14,2% no mesmo período.

Esse crescimento aconteceria junto com uma queda ainda maior da participação do sistema Windows nesse setor. A empresa espera que, em 2020, ele represente apenas 0,1% dos smartphones do mercado, contra 0,5% em 2015. Outros sistemas operacionais, que atualmente respondem por 0,3% dos aparelhos, não deverão chegar sequer a 0,1% em 2020.

Olhar Digital


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas