Microsoft planeja 2.850 demissões até junho de 2017 imprimir publicado em: 29 / 07 / 2016

MicrosoftA Microsoft planeja 2.850 demissões até junho de 2017, de acordo com informações enviadas nesta quinta-feira (28) à Comissão de Valores dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês).

Essas demissões se somam às 1.850 divulgadas em maio, a maioria delas na Finlândia. Os cortes fazem parte da reestruturação anunciada no início de julho, quando Kevin Turner, diretor-geral de operações, deixou a Microsoft para incorporar-se ao fundo de alto risco Citadel.

A saída de Turner propiciou a reorganização da equipe de vendas, mas a Microsoft não havia anunciado as demissões nesse momento.

A companhia com sede em Seattle, no estado de Washington, informou ao jornal “Seattle Times” que a maioria das demissões afetarão a área de hardware telefônico, assim como as equipes de vendas em torno dessa operação, mas não especificou em que países acontecerão.

A força de trabalho da Microsoft era formada por 114 mil funcionários no final de junho, cerca de 44 mil deles no estado de Washington.

EFE


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas