Ministério Público Eleitoral pede cassação do prefeito de Marcos Parente imprimir publicado em: 19 / 08 / 2014

promotoraO Ministério Público Eleitoral, representado pela Promotora Vera Lúcia da Silva Santos, em suas alegações finais, está pedindo a cassação do diploma do prefeito de Marcos Parente – PI, Manoel Emidio de Oliveira e de seu vice Jesoaldo Benvindo, em uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral.

O processo está aguardando apenas a chegada do Juiz Eleitoral Leandro Emídio Lima e Silva Ferreira na Comarca de Marcos Parente para a prolatação da sentença, a audiência aconteceu no dia 14/05/2014.

O prefeito e seu vice são acusados na AIJE pela a coligação “A Vitória que vem do Povo” de cometer crimes eleitorais, como Conduta Vedada a Agente Público, Captação Ilícita de Sufrágio (Compra de votos) e Corrupção ou Fraude, nas eleições de 2012, com os pedidos de Aplicação de Multa, de Cassação de Diploma, Cassação de Registro, Condenação Criminal e pedido e Declaração de Inelegibilidade.

A Promotora Eleitoral enviou seu parecer no dia 06/08/2014 que foi publicado no site do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí no dia 18/08/2014.

Processo de numero: “13348.2012.618.0087”.

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas