Motoristas de aplicativos fazem protesto contra projeto imprimir publicado em: 26 / 02 / 2018

uber e 99popMotoristas de aplicativos de transporte como Uber e 99POP se reuniram em uma paralisação nesta segunda-feira (26), no estacionamento da Ponte Estaiada. A manifestação é em resposta à PL 5587/16, que regulamenta esse serviço e que entra em pauta nesta terça-feira (27), no Plenário da Câmara, em Brasília.

Romão Bonfim, motorista pelo Uber, conta que a paralisação acontece em todas as cidades do Brasil em que o aplicativo tem funcionamento. Ele fala que no Brasil, são mais de 500 mil motoristas cadastrados e cerca de 20 milhões de usuários que serão prejudicados com a aprovação do projeto.

“No texto original ela acaba com todos os aplicativos, por que ela fala em placa vermelha, alvarás, título de propriedade do veículo e outros mais. Isso foi para o Senado, que colocou cinco emendas. Essas cinco emendas não seriam o melhor projeto de lei pra nós, mas não inviabiliza nosso sistema. O que queremos é que saia de pauta amanhã ou que se ficar em pauta, seja aprovado com as cinco emendas. Se qualquer uma das emendas sair nós ficaremos praticamente desempregados” afirma o motorista Romão Bonfim.

Durante a paralisação,  os aplicativos dos motoristas permaneceram desativado para a população para que, segundo Romão, a causa pudesse chamar a atenção dos usuários e deputados federais. Romão ainda contou que amanhã dois motoristas de Teresina irão à Brasília para conversar com deputados na Câmara.

PortalAZ

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas