Motorola: Lenovo decide abandonar marca e focar nas linhas Moto e Vibe imprimir publicado em: 08 / 01 / 2016

lenovo

Larry Page, CEO do Google, e Yang Yuanqing, e CEO da Lenovo, em foto publicada nos perfis do Twitter das duas empresas em 2014, na época da venda da marca para a companhia chinesa

A marca de celular Motorola deve deixar de ser usada ainda em 2016 para dar lugar às linhas Moto, para produtos de ponta e mais caros, e Vibe, para produtos de baixo custo, afirmou nesta quinta-feira (7) o diretor de operações da empresa, Rick Osterloh, em entrevista ao site CNET.

“Nós vamos lentamente abandonar a Motorola”, disse Osterloh ao CNET durante a Consumer Electronic Show (CES 2016), que acontece até este sábado (9) em Las Vegas, nos Estados Unidos.

A reportagem lembra que a Motorola já representou o ponto alto da telefonia móvel, inclusive por ter sido a marca do primeiro aparelho. Em 2011, a companhia foi comprada pelo Google por US$ 12,5 bilhões. Em 2014, no entanto, o Google revendeu para a chinesa Lenovo por US$ 3 bilhões.

Na época da aquisição, o CEO da Lenovo, Yang Yuanqing afirmou: “É o nosso tesouro. Nós planejamos não apenas proteger a marca Motorola, mas torná-la mais forte”. O plano da Lenovo agora é manter o nome “Motorola” como uma subdivisão da companhia.

Além disso, aparelhos como o Moto X deverão trazer destacar o logotipo azulda Lenovo. “Mas o icônico ‘M’ em forma de asa de morcego da Motorolada ainda será usado”, informa o CNET.

G1


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas