MP entra com ação contra treino aberto de Timão e Verdão imprimir publicado em: 04 / 04 / 2018

estadioNo que depender de Paulo Castilho, promotor do Ministério Público, nem Palmeiras nem Corinthians, finalistas do Campeonato Paulista, farão treino aberto às suas torcidas no sábado de manhã, como os presidentes de ambos os clubes anunciaram durante a semana.

Segundo o repórter Anselmo Caparica, ele entrará com ação judicial para impedir que as equipes façam as atividades com público presente, por conta de riscos à segurança.

O promotor escreveu o seguinte:

– O Ministério Público age sempre fiscalizando a lei e defendendo a sociedade, com responsabilidade. Logo, estamos estudando qual a melhor medida judicial para se evitar essa tragédia anunciada. Este Promotor tomará todas as medidas legais para eximir a responsabilidade do Ministério Público. Parece inacreditável, mas tem gente que prefere o Ibope do mal do que o anonimato do bem! Cada um deve arcar civil e criminalmente com seus atos.

Na segunda-feira, o Major Alexandre Vilariço, do 2º Batalhão de Choque, disse que não há condições de garantir a segurança dos dois eventos.

– São torcidas de grande rivalidade, há uma série de preocupações, como a rede de transporte – afirmou, lembrando que os dois estádios ficam nos extremos de uma mesma linha de metrô, a Linha 3-Vermelha.

A decisão estadual está marcada para 16 horas (de Brasília) de domingo, na arena do Palmeiras. Por ter vencido o jogo de ida por 1 a 0, em Itaquera, a equipe alviverde depende de empate para se sagrar campeã. O Corinthians precisa vencer por dois ou mais gols de diferença. Se devolver a diferença, a definição será nos pênaltis.

globoesporte.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas