MPF denuncia Neymar por crime de sonegação e falsidade ideológica imprimir publicado em: 29 / 01 / 2016

NeymarO Ministério Público Federal denunciou o atacante Neymar, do Barcelona, pelos crimes de sonegação fiscal e falsidade ideológica. O documento foi entregue na última quinta-feira à 5ª Vara de Justiça Federal de Santos, sob sigilo. Além do jogador, também foram denunciados Neymar da Silva Santos, pai do atleta, Sandro Rosell, ex-presidente do Barcelona, e Josep Maria Bartomeu, atual mandatário da equipe catalã.

Agora, a Justiça analisará o pedido e decidirá se os quatro serão transformados em réus. A denúncia foi assinada pelo procurador-chefe do MPF de São Paulo, Thiago Lacerda Nobre – segundo a assessoria de imprensa do órgão, ele deve se manifestar ainda nesta sexta-feira. A suspeita é sobre o dinheiro recebido pelas empresas do atacante durante as negociações que o levaram para atuar na Espanha.

A Receita Federal também multou o jogador por supostamente não ter declarados os valores. No ano passado, a Justiça determinou o bloqueio de R$ 188 milhões para garantir o pagamento das autuações.

A defesa de Neymar informou que ainda não foi notificada da denúncia.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas