Mulher é esfaqueada pelo ex-marido e populares tentam linchá-lo imprimir publicado em: 09 / 03 / 2018

facadaSegundo informações do HUT (Hospital de Urgência de Teresina), Maria de Nazaré não precisou passar por cirurgia, no entanto, perdeu muito sangue o que torna o quadro clinico delicado. As facadas não atingiram nenhum órgão vital. No momento, o estado da vítima é estável.

De acordo com a Delegada Vilma, o ex-companheiro de Maria não aceitava o fim do relacionamento. Ele tentou, na tarde de ontem (08), atear fogo na casa onde a vítima reside. “Não obtendo sucesso, ele decidiu matá-la no seu local de trabalho hoje de manhã. Felizmente ele não conseguiu”, disse.

Matéria original

Uma mulher, identificada como Maria de Nazaré Pereira de Sousa, 40 anos, foi esfaqueada pelo ex-marido, nesta sexta-feira (09), próximo à agência do Banco do Brasil, localizado no cruzamento da Avenida Frei Serafim com a Pires de Castro. De acordo com relatos de testemunhas, ela estava trabalhando no sinal quando o homem parou a moto próximo a ela, puxou a faca e a feriu com vários golpes. O objeto foi quebrado dentro do corpo da vítima.

A princípio a suspeita era de que fosse um assalto. Os populares decidiram revidar e, com uma pedrada, derrubaram o homem da moto. Em seguida ele foi agredido por várias pessoas.

A mulher foi socorrida por um flanelinha, que não quis se identificar. “Ele queria matar, sem dúvida nenhuma. Não tinha nem o que pensar. Peguei a primeira pedra que eu vi e acertei nele. Em seguida, os outros homens vieram e começou o tumulto. Ela estava só trabalhando”, disse.

A polícia foi acionada e impediu o linchamento do homem. A delegada da mulher Vilma Alves estava no local e levou a vítima para o hospital, dentro da viatura da polícia, pois a ambulância do Samu ainda não havia chegado.

portalodia.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas