Neymar comanda o Barcelona em desafio e pode ultrapassar R10 imprimir publicado em: 28 / 09 / 2016

neymarEsta quarta-feira pode ser o dia em que Neymar ultrapassará Ronaldinho Gaúcho. Não num lugar cativo no coração do torcedor do Barcelona – talvez ainda seja cedo demais para sonhar com isso –, mas em números, aqueles que vez ou outra podem mentir, embora sempre tenham o seu significado valioso. Os dois craques brasileiros têm 18 gols na história da Liga dos Campeões, portanto, balançar as redes contra o Borussia Mönchengladbach já será suficiente para o camisa 11 deixar o ídolo para trás na artilharia do torneio.

Com dois gols, Neymar garantirá uma vaga no top-50. Ainda há, de fato, um longo caminho a percorrer, mas o atacante tem média de gente grande – 0,58 em 31 jogos realizados desde que chegou ao Barça, em 2013/14. Ronaldinho, meia ou ponta na maior parte da carreira, chegou aos 18 gols em 44 partidas. O brasileiro melhor colocado é Kaká, com 30 gols, em 20º, seguido por Rivaldo, em 28º, com 27 gols. Cristiano Ronaldo é o líder, com 95 gols. Um adendo importante: a Uefa contabiliza apenas a fase de grupos em diante, com o playoff preliminar à parte.

As chances de Neymar marcar aumentaram desde a lesão de Messi, na última quarta-feira, já que sua participação em gols e também a de Luis Suárez são maiores com a ausência do craque argentino. No sábado, contra o Sporting Gijón, pelo Campeonato Espanhol, o brasileiro anotou duas vezes – o uruguaio, uma. No rodízio do técnico Luis Enrique, fica a dúvida sobre quem completará o trio com os dois: pode ser Rafinha Alcântara ou Paco Alcácer.

Há um desafio à espera do Barcelona: o Borussia Mönchengladbach venceu os seus últimos 11 jogos em cada por todas as competições. O goleiro Ter Stegen, revelado pelo clube alemão, conhece bem a atmosfera no Borussia-Park, onde jogou profissionalmente entre 2009 e 2014 – fora os tempos de base.

– É um jogo importantíssimo para mim e para o time. Para mim será especial. As recordações não existem no campo, logo depois virão os abraços. Não estou aqui para rever meus amigos e sim para dar o melhor de mim e ganhar o jogo – resumiu o alemão, titular incontestável desde a saída de Claudio Bravo para o Manchester City.

No outro jogo da chave, os Citizens visitam o Celtic, na Escócia. O Barcelona lidera pelo saldo de gols (sete contra quatro dos ingleses, que golearam os alemães na primeira rodada).

Confira as prováveis escalações:

Borussia Mönchengladbach: Sommer, Jantschke, Christensen e Elvedi; Kramer e Dahoud; Korb, Wendt e Johnson; Raffael e Hazard. Técnico: André Schubert.

Barcelona: Ter Stegen; Sergi Roberto, Piqué, Mascherano e Alba; Rakitic, Busquets e Iniesta; Rafinha (Alcácer), Suárez e Neymar. Técnico: Luis Enrique.

Árbitro: Damir Skomina (ESL).

globoesporte.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Vale

últimas