Quarta, 20 de março de 2019
86 98179 0860
Geral

08/03/2019 às 10h10

Redação

Teresina / PI

Bolsonaro tenta explicar gastos com cartão, mas comete equívoco
Durante live no Facebook, presidente atribui a alta dos gastos com cartões às despesas com sua posse
Bolsonaro tenta explicar gastos com cartão, mas comete equívoco
Bolsonaro tentou explicar a reportagem que revelava aumento de 16% nos gastos com cartões corporativos da Presidência (Redes sociais/Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro tentou explicar em uma Live no Facebook feita nesta quinta-feira, 7, a reportagem publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo que revelava aumento de 16% nos gastos com cartões corporativos da Presidência da República. No vídeo, Bolsonaro diz que a matéria compara janeiro de 2019 com janeiro de 2018, e atribui a alta dos gastos com cartões às despesas com sua posse.

A reportagem, no entanto, fez o comparativo com a média dos últimos quatro anos, e considerou, ainda, a inflação do período.

“Os gastos com cartões corporativos da Presidência da República nos dois primeiros meses do governo Jair Bolsonaro aumentaram 16% em relação à média dos últimos quatro anos, já considerada a inflação no período. Apesar de ter seu fim defendido durante a transição, a nova gestão não só manteve o uso dos cartões como foi responsável por uma fatura de R$ 1,1 milhão”, diz trecho inicial da matéria.

FONTE: Revista Exame

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium