Quarta, 20 de março de 2019
86 98179 0860
Esportes

10/03/2019 às 08h30

Redação

Teresina / PI

Junior Cigano bate Lewis e se reaproxima do cinturão no UFC
Ex-campeão peso-pesado do Ultimate vence na luta principal do evento realizado no Kansas, sábado, emplaca o terceiro triunfo consecutivo e canta parabéns para o filho no octógono
Junior Cigano bate Lewis e se reaproxima do cinturão no UFC

A boa fase, definitivamente, está de volta. Junior Cigano, que desde a época que detinha o cinturão peso-pesado, há cerca de sete anos, não atravessava um momento tão bom, venceu Derrick Lewis por nocaute técnico a 1m58s do segundo round na luta principal do UFC Wichita, no Kansas (EUA), na noite de sábado.

- Obrigado, Wichita! Eu passei por ótimos momentos aqui! Estou me sentindo muito bem. Eu tinha combinações, trabalhei em cima disso, sabíamos que ia pegar alguma hora. Hoje é aniversário do meu filho Bento e queria que todo mundo cantasse comigo "Parabéns para você". Como esse caras podem estar na minha frente (no ranking)? Eu quero minha chance pelo cinturão - declarou Cigano, atendido pela torcida.

Algoz de Blagoy Ivanov e Tai Tuivasa, em 2018, Cigano anotou a terceira vitória seguida, se aproximando da disputa do título, cujo dono atual é Daniel Cormier. Derrick Lewis, que perdeu justamente para "DC" no ano passado, amarga dois reveses consecutivos, algo inédito na carreira.

A luta

Junior Cigano e Derrick Lewis buscaram a aproximação no começo do primeiro round. "The Black Beast" deu uma joelhada voadora, Cigano arriscou um chute giratório e foi acertado pela mão direita do americano. O ex-campeão soltou a mão direita, balançou Lewis, que devolveu na mesma moeda. O brasileiro se afastou para respirar, e eles voltaram ao centro do octógono. Estático, Lewis procurava a melhor hora para golpear, enquanto o catarinense conectava jabs na linha de cintura e se movimentava para tentar surpreender o oponente, apoiado pelos gritos da torcida. No ponto alto da primeira etapa, Cigano acertou um chute rodado em cheio na linha de cintura de Derrick Lewis, que se curvou, acusando o golpe. Entretanto, o americano soltou o braço na direção de Cigano de forma surpreendente, forçando o brasileiro a mostrar agilidade e rapidez para se defender e evitar receber o golpe, que poderia ter sido decisivo, em cheio. Em seguida, Lewis voltou a ficar curvado, porém, ressabiado, o ex-campeão não avançou com o mesmo ímpeto em sua direção.

No segundo round, Lewis investiu nos chutes altos, baixos e até saltando. Cigano, ligeiro, conseguia se desvencilhar ao fugir das investidas de um oponente bem mais lento. Após acertar a mão direita em cheio no rosto de Derrick Lewis, Cigano conectou ótima sequência. O americano bambeou, tentou se afastar, mas as pernas fraquejantes o fizeram cair. O ex-campeão, então, golpeou o rival seguidamente no solo e obrigou Herb Dean a interromper o confronto.

FONTE: Combate

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium