Segunda, 17 de dezembro de 2018
86 98179 0860
Geral

13/11/2018 às 07h57 - atualizada em 13/11/2018 às 08h11

Redação

Teresina / PI

Piauí está entre os 5 estados com maior proporção de internos provisórios
A maior taxa registrada está no Amazonas, com 44,15%, seguido de Ceará (37,68%) e Maranhão (32,49%).
Piauí está entre os 5 estados com maior proporção de internos provisórios

O Piauí está entre os cinco estados com a maior proporção de jovens internos provisórios. Em todo o Estado, são 29,01% adolescentes nessa situação. A maior taxa registrada está no Amazonas, com 44,15%, seguido de Ceará (37,68%) e Maranhão (32,49%). O Piauí aparece em 4º, seguido de Tocantis com 26,53%. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (12) pelo Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e das Medidas Socioeducativas do Conselho Nacional de Justiça (DMF/CNJ).

O levantamento inclui apenas os adolescentes que estão internados – ou seja, que cumprem medidas em meio fechado -, e não aqueles que cumprem outras medidas, como a semiliberdade e a liberdade assistida. Os juízes da Infância e Juventude definem a punição de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A internação é a opção mais rigorosa, não podendo exceder três anos - sua manutenção deve ser reavaliada pelo juiz a cada seis meses.

No geral, segundo o levantamento, o Piauí possui 162 adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas de internação. Destes, 47 são internos provisórios.  A taxa de adolescentes internados por 100 mil habitantes no Estado chega a 3.3. Ainda de acordo com o levantamento, o Piauí possui apenas 3 meninas internadas.




Outros estados

Em todo o país, são mais de 22 mil jovens internados nas 461 unidades socioeducativas em funcionamento no Brasil. São Paulo é o Estado com o maior número de menores internados, mais de 6 mil, seguido pelo Rio de Janeiro. No entanto, o estado do Acre é o que chama mais atenção: apesar de ter apenas 545 menores internados, estes correspondem a 62,7 de cada 100 mil habitantes no Estado. Outra unidade que chama a atenção é o Distrito Federal, que fica em segundo lugar, a frente de Estados bem mais populosos e considerados mais violentos, como São Paulo e Rio de Janeiro.

FONTE: Com informações do CNJ

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium