Segunda, 17 de dezembro de 2018
86 98179 0860
Brasil

14/11/2018 às 17h25 - atualizada em 15/11/2018 às 16h15

Redação

Teresina / PI

Cubano que pedir asilo no meu governo vai ter, diz Bolsonaro
Presidente eleito comparou a atuação dos médicos cubanos no programa Mais Médicos a trabalho escravo
Cubano que pedir asilo no meu governo vai ter, diz Bolsonaro
Jair Bolsonaro: presidente eleito também disse que até o fim do mês deve ter definidos todos os nomes do primeiro escalão de seu governo (Adriano Machado/Reuters)

O presidente eleito Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira, 14, que, quando ele assumir o governo, os cubanos que pedirem asilo ao Brasil receberão esse status e comparou a atuação dos médicos cubanos no programa Mais Médicos a trabalho escravo.

Após as declarações do presidente eleito e de critérios que ele estabeleceu para dar continuidade ao programa, Cuba decidiu solicitar o retorno dos mais de 11 mil médicos cubanos que trabalham atualmente no Brasil.

Em entrevista coletiva ao lado do futuro ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, anunciado pelo presidente eleito nesta quarta, Bolsonaro disse ainda que pretende até o final deste mês ter definidos todos os nomes do primeiro escalão de seu governo.

FONTE: Reuters

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium