Segunda, 17 de dezembro de 2018
86 98179 0860
Esportes

20/11/2018 às 15h11

Redação

Teresina / PI

Sete clubes ainda lutam contra o rebaixamento no Brasileirão
Fluminense, Ceará, Vitória, Chapecoense, América-MG, Sport e Vasco correm riscos de queda, segundo o matemático Tristão Garcia
Sete clubes ainda lutam contra o rebaixamento no Brasileirão
Fluminense e Ceará empataram em 0 a 0 em partida válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro Foto: LUCIANO BELFORD/AGÊNCIA O DIA / Estadão Conteúdo

Com o término da 35ª rodada na noite dessa segunda-feira (19), no empate sem gols entre Fluminense e Ceará, no Maracanã, a briga para fugir do descenso na Série A do Brasileiro ficou mais intensa. De acordo com o matemático Tristão Garcia, sete clubes tentam se livrar da queda – o Paraná já está rebaixado.

 De todos que ainda correm risco, a situação menos complicada é a do Fluminense. Após o 0 a 0 com o Ceará, o Tricolor chegou aos 42 pontos e tem hoje apenas 2% de possibilidade de queda. Precisaria de pelo menos um ponto nos três últimos jogos para se garantir na elite.

Tudo leva a crer que os outros três rebaixados devem mesmo sair do sexteto formado por Vitória, Chapecoense, América-MG, Sport, Vasco e Ceará. Desses, o time baiano é o que está mais próximo do despenhadeiro, com 88% de risco de parar na Série B em 2019.

A rodada do meio de semana pode decretar a volta do Vitória para a Segunda Divisão, no caso de uma derrota, nessa quarta-feira (21), contra o Cruzeiro, no Mineirão.

Os dados atualizados por Tristão Garcia, referência nesses cálculos, apontam o seguinte cenário, com relação ao rebaixamento no Brasileiro:

Paraná – 100%

Vitória - 88%

América-MG – 71%

Chapecoense – 53%

Sport – 46%

Vasco – 25%

Ceará – 15%

Fluminense – 2%

FONTE: Terra

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium