Quarta, 21 de novembro de 2018
86 98179 0860
Tecnologia

02/11/2018 às 09h24 - atualizada em 02/11/2018 às 15h32

Redação

Teresina / PI

Apple lucra US$ 14 bilhões no terceiro trimestre
Vendas de iPhone, o principal produto da empresa, se mantiveram estáveis, mas o valor médio de venda do aparelho subiu 28,3% no último ano.
Apple lucra US$ 14 bilhões no terceiro trimestre
Vendas do iPhone estão estagnadas, mas o preço médio do aparelho continua crescendo. — Foto: REUTERS/Shannon Stapleton

A Apple divulgou nesta quinta-feira (1) o balanço do trimestre encerrado em setembro com números que confirmam a estratégia recente da empresa. O faturamento da empresa chegou a US$ 62,9 bilhões no terceiro trimestre do ano, alta de 20% em relação ao mesmo trimestre em 2017 — superando a expectativa de analistas.

O lucro da empresa subiu para US$ 14,1 bilhões, de US$ 10,7 há um ano. Apesar de o resultado ter superado algumas expectativas, as ações da empresa caíram 5,08%, depois do fechamento do mercado. A preocupação de investidores está nas expectativas para o final de 2018.

A Apple espera vendas entre US$ 89 bilhões e US$ 93 bilhões para o quarto trimestre, o que significaria uma redução nas vendas de final de ano da empresa, incluindo os novos iPhone Xs, Xs Max e Xr, lançados em setembro.

Principal produto da Apple, o iPhone teve vendas de 46,8 milhões de unidades no período, ligeira alta em relação ao ano passado, quando a empresa vendeu 46,6 milhões de unidades. Apesar disso, a receita de vendas do aparelho subiu 29%, para US$ 37,1 bilhões.

É o nono trimestre de estagnação nas vendas anuais de iPhone, um produto que, no terceiro trimestre do ano, respondeu por 59,1% do faturamento total da empresa. Mas a alta no preço dos aparelhos ajudou a manter o faturamento em alta. No resultado desta quinta-feira, a empresa afirma que o preço de médio de um iPhone chegou a US$ 793, alta de 28,3% ante os US$ 618 há um ano.

Essa estagnação foi um problema para a Apple há alguns anos, mas foi abraçada pela empresa que faz a manutenção da base de usuários, oferecendo produtos de alta qualidade, cada vez mais caros. “A companhia está encontrando novas maneiras de fazer dinheiro com a base de usuários existentes”, escreveu em nota o analista especializado em tecnologia Gene Munster, da companhia de investimentos Loup Ventures.

A empresa tem tirado proveito da renovação que a base de usuários faz de seus produtos e integrado uma plataforma de serviços, que inclui licenciamentos, pagamentos com o sistema Apple Pay, streaming de música e o serviço em nuvem iCloud. Esse segmento teve recorde de faturamento no trimestre, com US$ 9,9 bilhões, uma alta de 17% em relação ao ano passado.

FONTE: G1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Tecnologia e games

Tecnologia e games

Blog/coluna Tudo sobre tecnologia e games em um só lugar!
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium