Quarta, 21 de novembro de 2018
86 98179 0860
Educação

02/11/2018 às 09h49

Redação

Teresina / PI

Mais de 119 mil candidatos fazem Enem neste domingo no Piauí
Por conta do início do horário de verão, os portões dos locais de aplicação vão fechar às 12h.
Mais de 119 mil candidatos fazem Enem neste domingo no Piauí
Alunos fazem Enem no Liceu Piauiense. (Foto: Arquivo O Dia)

A primeira etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acontece neste domingo (4), quando serão aplicadas as provas de Ciências Humanas com 45 questões de Geografia, História, Filosofia e Sociologia; além de Linguagens e Códigos, também com 45 questões de Língua Portuguesa, Literatura e Língua Estrangeira, podendo ser inglês ou espanhol, a depender do que o candidato escolheu no momento da inscrição;  bem como a Redação em formato de texto de prosa dissertativo-argumentativo.

Este ano, 119.379 estudantes se inscreveram para o Enem. Ana Cláudia Santos, professora de Redação, orienta que os candidatos, que estão às vésperas das provas, controlem a ansiedade e, um dia antes do Exame, busquem relaxar e se distrair, tirando o foco da prova. “Tente relaxar, dormir bem, se alimentar bem, ficar com amigos e familiares e eliminar as tensões. O aluno pode até fazer revisões, desde que não passe o dia inteiro pensando nas provas. Porém, na minha opinião, revisão um dia antes não faz bem, porque o aluno fica muito estressado. Ele precisa estar bem para fazer uma prova com espírito ativo e de forma saudável”, frisa.

Horário de verão

A professora também lembra aos alunos com relação ao horário de verão, que irá coincidir com o primeiro dia de provas do Enem. Desta forma, os portões dos locais de aplicação no Piauí irão abrir às 11h e fecharão às 12h, sendo que as provas iniciarão às 12h30. “Então os alunos precisam estar, pelo menos, às 11h da manhã no seu local de prova, por isso, que eles precisam se deslocar com antecedência para evitar imprevistos. Sair de casa cedo para evitar trânsito e visitar o local da prova alguns dias antes, inclusive vendo a melhor rota é o recomendado”, completa.

Documentos

É preciso também ficar atento aos documentos que devem ser levados e apresentados antes de entrar na sala para realizar a prova, que é um documento oficial e original com foto. A professora Ana Cláudia orienta que os estudantes leiam com atenção o edital do Enem, imprimam o comprovante com o local da prova e cheguem com antecedência.

Segundo dia

No segundo domingo do Enem, dia 11 de novembro, será a vez das provas de Ciências da Natureza contendo 45 questões de Biologia, Química e Física e Matemática, também com 45 questões. Com esse espaço de uma semana entre a primeira e a segunda prova, os candidatos poderão descansar, analisar o que funcionou em sua estratégia e revisar os conteúdos. Mas é preciso tomar cuidado para que esse tempo não gere ainda mais ansiedade. O ideal, na semana entre as provas, é fazer uma revisão leve dos conteúdos mais frequentes nas provas de Matemática e Ciências da Natureza. Nada de desespero, nada de tentar tirar o atraso e ler a apostila inteira. É interessante que o estudante revise apenas os principais tópicos e resolva questões de anos anteriores.

Jovens falam sobre a escolha da profissão 

A estudante Eloane Maria Mendes, de 18 anos, pretende ingressar no curso de Medicina e tem se preparado para isso. Ela conta que não foi uma escolha tão difícil, já que, desde criança, almejava trabalhar na área de pediatria. Por ser um curso bastante concorrido, a jovem tem uma rotina de estudos diferenciada e se dedica bastante para utilizar o máximo de tempo possível para aprender e se destacar entre os demais candidatos.

“Já passaram outros cursos na minha mente, como Direito ou Jornalismo, mas sempre me identificava com a medicina. Quando comecei a pesquisar e vi as diversas áreas que são possíveis seguir, decidi que era a profissão que queria seguir. Quando você decide que vai cursar Medicina, você precisa estar preparado para enfrentar os desafios por ser muito concorrido e até para cursar. É preciso se planejar e até abdicar de algumas coisas, como sair e viajar para se empenhar no curso”, comenta.

Já a jovem Alexandra Oliveira, de 17 anos, conta que deseja prestar vestibular para Direito e enfatiza que a escolha da profissão que seguirá para o restante da vida não foi tarefa fácil. Antes do Direito, ela cogitou fazer Medicina, mas, ao pesquisar melhor sobre o curso, optou por seguir na área das ciências humanas. “Minha irmã já faz Direito e foi difícil para os meus pais aceitarem, porque eles não queriam de jeito nenhum. Mas como é o curso da minha vida, eles tiveram que aceitar, apesar da demora. Eu sempre tive mais aptidão com linguagem e humanas, então são as disciplinas que eu foco mais quando vou estudar”, frisa.

A estudante Mariana Cipriano, de 18 anos, também quer prestar vestibular para o curso de Medicina e conta que tem se preparado muito para o dia da prova. Segundo ela, o 3° Ano do Ensino Médio trouxe uma nova realidade para ela, que precisou aprender a lidar com os estudos da escola e a preparação para o Enem. “Eu precisei abrir mão de algumas coisas para focar em estudar para o Enem, é um esforço muito grande, mas que vale a pena”, finaliza

Alunos devem se preparar para todas as áreas

O Enem tem um peso diferenciado para cada Universidade, por isso, os alunos devem pesquisar as instituições que querem concorrer a uma vaga e observar como cada universidade define seus critérios de peso. As universidades Federal e Estadual do Piauí aplicam pesos para cada área que o aluno vai escolher, ou seja, os alunos que querem ingressar no curso de Medicina, a área de peso é Ciências Natureza, já no Direito, o peso é da área de Ciências Humanas.

Porém, segundo o professor de Linguagem, Alex Romero, não adianta o aluno ter notas boas na área de peso e não focar em uma boa redação, vez que as notas são somadas. Por isso, o aluno deve se preocupar com a prova como um todo, sendo que, somente a Redação, tem um peso de 1000 pontos. A nota de corte de cada curso é definida pela soma das cinco áreas e dividida por cinco.

“A redação nos últimos anos tem sido a protagonista, exatamente por ter uma pontuação elevada; então, não adianta fazer uma boa nota e não tirar pontuação nas provas objetivas. Os alunos sempre ficam tensos com a escolha do tema e os professores devem trabalhar isso, pensam em várias áreas, seja social, educação, cultura, patrimônio da língua portuguesa. O aluno tem que se preparar para escrever bem, independente do tema, escrever na norma culta, ler muito para saber dialogar sobre o tema e fazer propostas de intervenções”, fala.

Já o professor de Matemática, Neto Ceará, explica que as provas de exatas tendem a deixar os alunos mais ansiosos e que uma boa preparação é à base de resultados positivos. De acordo com ele, o desafio da prova mexe muito com o emocional dos estudantes. “O problema maior da Matemática não está no Ensino Médio, mas sim no Ensino Fundamental, porque é lá que os alunos fazem sua base e podem ir melhorando ao ingressar no Ensino Médio. Se a pessoa não fez um Ensino Fundamental forte, a tendência é que ela tente recuperar e isso vai ser tempo perdido”, comenta.

Neto Ceará ressalta que o Enem aborda assuntos do cotidiano e 80% do que é apresentado na prova é visto no dia a dia, como porcentagem e regra de três. O diferencial do Enem é a diferenciação, dando sentido à Matemática no que é aplicado no dia a dia, por isso que as questões são retiradas de revistas e jornais. “Não precisa ficar nervoso, é só aplicar o conhecimento com o conteúdo que ele aprendeu em sala de aula. E isso só será aprimorado se o aluno fizer exercícios e aplicar as formas no local correto”, fala.

FONTE: Portal O Dia

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium