Quarta, 21 de novembro de 2018
86 98179 0860
Esportes

02/11/2018 às 15h38 - atualizada em 02/11/2018 às 15h47

Redação

Teresina / PI

Réver sobre discussão entre Diego e Dorival: 'Faltou maturidade'
Capitão tenta blindar o elenco, afirma que o assunto deve ser tratado internamente pela diretoria, admite que
Réver sobre discussão entre Diego e Dorival: 'Faltou maturidade'
Rever foi à coletiva acompanhado do filho Réver Jr. — Foto: Marcelo Baltar

A dois dias do jogo decisivo contra o São Paulo, o assunto foi outro no Flamengo. Mais uma vez a conturbada relação entre Diego Alves e Dorival Júnior foi o tema principal na coletiva de imprensa. Na manhã seguinte após a notícia do bate boca entre os dois na frente do elenco, Réver falou, acompanhando do filho Réver Júnior.

Assim como a direção, o capitão rubro-negro disse que o assunto será tratado internamente, mas reconheceu que a condução do caso, que vai completar duas semanas no noticiário, poderia ter sido de outra maneira.

- São coisas que acontecem no futebol. Problema nosso interno. Vamos resolvê-lo internamente como sempre aconteceu no Flamengo. Quem deveria falar com vocês sobre isso é a diretoria. Nossos problemas são resolvidos internamente. Estamos aqui para trabalhar. Toda essa situação é muito triste. Não podemos nos abater por isso. Brigamos pelo Brasileiro. Não podemos nos abater e nos abalar por isso.

- Acredito que faltou diálogo e um pouco de maturidade de nós para não desviarmos o foco do objetivo que é o Brasileiro. Isso afeta de alguma maneira. Nós jogadores temos que colocar um ponto final isso e deixar para a diretoria resolver - disse Réver.

Em reunião com o elenco, na terça, sem a presença de Dorival, Diego Alves apresentou sua versão por ter se recusado a viajar para Curitiba, na véspera do jogo contra o Paraná, ao receber a notícia de que César seria o titular. Ele deu a entender que foi liberado pelo treinador na ocasião. Ao saber do encontro, Dorival se incomodou e reuniu o grupo. O clima esquentou, e os dois precisaram ser contidos por jogadores e pelo diretor Carlos Noval.

- Temos procurado conversar bastante com o grupo todo para que isso não atrapalhe. É claro que o ambiente poderia estar melhor. Mas o ambiente sempre esteve bom. As coisas estão sendo tratadas internamente.

Amigo pessoal de Diego Alves, Réver revelou que o goleiro, que ainda não se pronunciou desde que se recusou a viajar para Curitiba, está chateado com a situação, aparentemente, irreversível.

- Não mudou nada meu relacionamento com ele. Sempre tivemos um diálogo constante. Temos amizade espetacular fora do clube. Claro que falamos sobre o acontecimento, mas também sobre outras coisas. Não dá para respirar futebol 24 hrs por dia. Claro que que o Diego está chateado e abalado. Não poderia ser diferente. Mas a vida segue.

FONTE: Globo Esporte

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium