Quinta, 21 de março de 2019
86 98179 0860
Cidades

12/01/2019 às 17h10 - atualizada em 17/01/2019 às 14h44

Redação

Teresina / PI

Firmino Filho diz que sucessor terá “herança” de R$ 250 milhões
Segundo ele, dessa estimativa, o próximo prefeito que for eleito no pleito de 2020, deve receber a administração municipal com uma capacidade de R$ 250 milhões em investimentos.
Firmino Filho diz que sucessor terá “herança” de R$ 250 milhões

O prefeito Firmino Filho (PSDB) afirma que a Prefeitura de Teresina possui, em recursos próprio, quase R$ 1 bilhão de capacidade para investimentos em obras nos próximos dois anos. Segundo ele, dessa estimativa, o próximo prefeito que for eleito no pleito de 2020, deve receber a administração municipal com uma capacidade de R$ 250 milhões em investimentos.

Firmino afirma que este é o melhor momento vivido por Teresina com relação à capacidade própria de investimentos. “No momento, o desafio é gastar aquilo que já conseguimos o financiamento. Estamos no período de maior capacidade de financiamento da prefeitura em todo o seu histórico. Fazendo um levantamento com nossos secretários, chegamos a conta de que a prefeitura de tem de recursos próprios quase R$ 1 bilhão. O desafio é ter capacidade gerencial de gastar esse dinheiro”, afirmou.

Segundo o prefeito, os investimentos feitos precisam de continuidade das futuras administrações. Ele destaca obras na cidade em áreas como lazer e mobilidade. 

“Vamos fazer e entregar muita coisa nos próximo dois anos. Acredito que muita coisa vai ficar para o próximo prefeito. São investimentos que precisam ter continuidade em todas as áreas. Essa continuidade vai ser assegurada na metade para o próximo prefeito. O próximo gestor pode manter o nível de investimento da prefeitura em algo em torno de R$ 250 milhões sem conseguir nenhum investimento ou nenhum financiamento  novo”, afirma.

Apesar de já falar na próxima administração, Firmino diz que falar da eleição de 2020 é um desserviço para a capital. “Esse processo de antecipação da discussão eleitoral de 2020 não é bom para ninguém. Nossa meta é seguir trabalhando. Eu não serei candidato. A legislação não me permite. Mas vejo como extremamente prejudicial ficar se falando em nomes neste momento”, comentou.

FONTE: Cidade Verde

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium