Quarta, 21 de novembro de 2018
86 98179 0860
Educação

04/11/2018 às 10h57

Redação

Teresina / PI

Enem: Alunos da zona rural saem de casa com 4h de antecedência
Com medo de perder o exame, estudantes contam que saíram de casa cedo para conseguir chegar a tempo ao local de aplicação de prova.
Enem: Alunos da zona rural saem de casa com 4h de antecedência
Estudantes aguardam a abertura dos portões da Universidade Estadual do Piauí. (Foto: Isabela Lopes/O DIA)

A organização e o planejamento do tempo são cruciais para quem realiza neste domingo (4) a primeira etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os dois fatores são essenciais não somente no momento da prova, mas para conseguir chegar ao local de aplicação de provas e evitar contratempos. É o caso dos estudantes moradores da zona rural de Teresina, que tiveram que madrugar para vir à zona urbana prestar o exame.

O estudante Maycon da Cruz Lima, de 19 anos, é morador da Chapadinha Norte, na zona rural de Teresina. Com medo de perder o exame, o estudante conta que saiu de casa às 8h. “Eu esperei quase 1h na parada de ônibus e com medo de perder o ônibus cheguei duas horas antes”, conta o estudante, que faz Enem pela primeira vez.

Maycon da Cruz Lima é estudante de escola pública e disse estar ansioso para prestar o exame. Com o objetivo de ser aprovado nos cursos de Enfermagem ou Arquitetura, o aluno conta que o foco na hora da prova será a Redação. “Eu me preparei na minha escola mesmo, o próprio diretor da escola pede que os professores reservem um horário adequado pra fazer a revisão”, destaca.

Angelina da Silva, de 17 anos, também é moradora da zona rural de Teresina e conta que dormiu na casa da avó, localizada no Parque Wall Ferraz, por temer não conseguir transporte para se deslocar até a zona urbana. A estudante mora no Assentamento Santo Antônio, localizado na região da Santa Maria da Codipi.

“A gente tem que dar nossos pulos, porque é complicado. Se a gente for depender de vir de lá [da zona rural] é mais difícil ter acesso aos ônibus. Mas eu acredito que vale a pena, porque nada disso é em vão”, destaca a jovem que pretende ingressar no curso de Letras Português na Universidade Federal do Piauí.

Horário de verão deixa estudantes apreensivos

Não foram apenas os alunos moradores da zona rural que se empenharam para chegar a tempo ao local de aplicação de provas do Enem. Com o início do horário de verão neste domingo, muitos alunos optaram por chegar cedo para prestar o exame.

A estudante Ainavlis Costa Alves, de 18 anos, é moradora do Monte Horebe, na zona Sudeste, e irá fazer a prova na Universidade Estadual do Piauí, na zona Norte da capital. Para evitar atrasos, a estudante conta que chegou ao local de prova às 9h. “Eu achei que fosse ficar mais perto da minha casa, porque quando fiz a primeira vez fiquei mais próximo. Achei muito ruim [a localização] porque tive que acordar cedo com medo do horário de verão”, lamenta a estudante.

A recomendação do Ministério da Educação é de que os estudantes cheguem cedo aos locais de aplicação de prova. O fechamento dos portões está previsto para às 12h (horário local).

FONTE: Portal O Dia

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium