Nova bateria carrega em segundos e pode durar uma semana imprimir publicado em: 22 / 11 / 2016

bateriaPesquisadores da Universidade da Flórida Central, nos Estados Unidos, desenvolveram um novo processo de criação de baterias que promete revolucionar o componente nos smartphones. Segundo eles, as novas baterias flexíveis demoram segundos para carregar e podem durar semanas.

“Em pequenos dispositivos eletrônicos, nosso material está superando os convencionais em todo o mundo, em termos de densidade de energia, de potência e de estabilidade cíclica”, explica Nitin Choudhary, um dos responsáveis pelo projeto.

De acordo com a equipe, os capacitores flexíveis conseguem armazenar mais energia e podem ser recarregadas mais de 30 mil vezes sem nenhum tipo de dano, bem mais do que as 1.500 vezes que uma bateria de lítio costuma suportar.

A bateria carrega rapidamente porque é composta por milhões de fios nanométricos, revestidos com uma espécie de escudo de materiais dimensionais. No núcleo, o material facilita a transferência rápida de elétrons para a carga, enquanto há espaço para armazenamento de grandes quantidades ne energia em minúsculos espaços.

“Houve problemas na forma como as pessoas incorporam estes materiais bidimensionais nos sistemas existentes. Desenvolvemos uma abordagem de síntese química simples para que possamos muito bem integrar os materiais existentes com os materiais bidimensionais”, explica Yeonwoong “Eric” Jung, professor assistente da universidade.

O material ainda não está pronto para a comercialização, mas, segundo os pesquisadores, poderá ser utilizado para substituir as baterias de uma série de dispositivo, incluindo a de carros elétricos.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas