Novo diretor do CEM é apresentado: antecessor pediu exoneração imprimir publicado em: 26 / 11 / 2016

diretor

Gestor realizou inspeção nos locais onde serão instalados câmeras, alarmes e sensores de presença

Representantes da Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Sasc), Henrique Rabêlo, titular da pasta, e Francisco Kennedy, diretor administrativo, estiveram, na tarde da última sexta-feira (25/11), no Centro Educacional Masculino (CEM). Na ocasião, foi apresentado o novo diretor das Unidades de Atendimento Socioeducativo da secretaria, o capitão Paulo Roberto Nunes, sub-comandante do 15º batalhão de Campo Maior.

Na oportunidade, o gestor realizou inspeção nos locais onde serão instalados câmeras, alarmes e sensores de presença no CEM, além da implantação de novas grades no local.

A visita ocorreu após suspeita de facilitação de socioeducadores na fuga de oito adolescentes do local na madrugada de sexta-feira (25/11).

DEMISSÃO DE ENVOLVIDOS

Informações dão conta que socioeducadores de plantão facilitaram a fuga desses internos. “A Sasc já abriu processo de sindicância e está tomando as medidas necessárias para a punição e demissão dos envolvidos”, ressalta o secretário.

Desde o começo da semana, o setor administrativo da Diretoria de Unidade de Atendimento Socioeducativo, que funcionava na sede da secretaria, passou a funcionar integralmente no CEM e a secretaria está disponibilizando a aquisição de câmeras de monitoramento e acompanhamento, além do remanejamento de socioeducadores de outras unidades para o CEM.

REFORMA DO CENTRO

Na última segunda-feira (21/11), foi lançado e publicado edital de licitação para reforma do Centro, com prazo de trinta dias para escolha da empresa que irá executar a obra, orçada em cerca de R$ 1,7 milhões. Sobre os adolescentes que fugiram, a Polícia Militar continua as buscas para a apreensão dos mesmos.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas